28 C°

sábado, 25 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Cantor Alejandro Sanz ganha homenagem antes do Grammy Latino

terça-feira, 14 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

O cantor espanhol Alejandro Sanz, mais conhecido no Brasil pelo hit “Corazón Partío”, foi nomeado como a personalidade do ano pela Academia Latina da Gravação. “Me sinto abraçado pela industria e pelos companheiros que estão me homenageando” disse à reportagem.

Vencedor de 18 Grammy’s latinos e três Grammy’s, Sanz será celebrado por sua trajetória musical e suas contribuições filantrópicas em uma cerimônia que antecede o Grammy Latino nesta quarta (15).

Este ano o cantor comemorou os 20 anos do lançamento do disco “Más es Más” e ainda terá uma biografia (“Vive”) publicada neste mês. “É a minha história contada pelas pessoas que fizeram parte da minha carreira e da minha vida. São políticos, amigos de infância, músicos e repórteres”, diz. “É uma biografia coletiva.”

Apesar de não ter planos para voltar ao Brasil, Sanz lembra da energia do país. “Muitos anos atrás este lugar me aceitou e me deu a oportunidade de crescer na música”, conta.

Aos 48 anos, o espanhol não se considera um galã e sim “uma pessoa romântica que produz canções que saem do coração, para o coração de outros”. Sanz afirma que a música vem de sua alma e representa um pouco de cada lugar visitado por ele.

Reprodução

Há 26 anos, Sanz lançava seu primeiro álbum de estúdio, “Viviendo Deprisa”. Na época, ele se apresentava nas ruas da Espanha. “Desde então tudo tem sido uma loucura, tenho trabalhado sem parar.”

O sucesso veio com o hit “Corazón Partío”, lançado em 1997 no álbum “Más es Más”. A canção permaneceu por 70 semanas na primeira posição das paradas latino-americanas e espanholas e fez parte da trilha sonora da novela “Torre de Babel”, da Globo.

Hoje sem preocupações financeiras, Sanz diz que “não gosto de misturar música e cédulas, procuro focar na essência das canções. Meu trabalho é sobre o piano ou o violão, não sobre dinheiro”, explica. Ele ainda afirma não se sentir pressionado para criar outro hit ou em se manter nas paradas musicais. “A pressão que sinto é a mesma de sempre: a de fazer música.”

O Grammy Latino acontece no dia 16 de novembro e será exibido ao vivo às 20h pelo site da premiação.

Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

Grammy Latino Alejandro Sanz

outros destaques >>

Facebook

Twitter