terça-feira, 17 de julho de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Dragão do Mar celebra a Dança

quarta-feira, 11 de abril 2018

Imprimir texto A- A+

Em celebração ao dia 29 de abril, quando é comemorado o Dia Internacional da Dança, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura traz, ao longo do mês, breves temporadas de espetáculos da linguagem artística dança, com exibições gratuitas ou a preços acessíveis. A série de apresentações começou no último final de semana, com “Dança daí que eu danço daqui”, nos dias 7 e 8 de abril, às 20h, no Teatro Dragão do Mar, e com o Planeta Hip Hop, programa sob o comando do DJ Flip que traz, gratuitamente, todo sábado, a partir das 19h, na Arena Dragão do Mar, batalhas informais de crews de breaking e outras danças do hip hop, com DJ tocando ao vivo.

No dia 11 de abril, às 19h, no Teatro Dragão do Mar, a Escola de Ballet Goretti Quintela apresenta “Gala de Dança”, espetáculo que reúne trechos de balés que marcaram o ano de 2017, na Escola. O espetáculo tem a finalidade de arrecadar fundos para custear as passagens dos bailarinos que se apresentarão em grandes festivais de outros estados do País.

Nos dias 14 e 15 de abril, às 20h, será a vez das bailarinas Milza Gama e Aline Monteiro subirem ao palco do Teatro Dragão do Mar e encantarem o público com “O Touro Azul”. Com direção de Andreia Pires, o espetáculo é inspirado no poema “Mar Absoluto”, de Cecília Meireles. A montagem é resultado de um processo de pesquisa, exploração do movimento e montagem da cena contemporânea entre dança e teatro, entre pesquisa e dramaturgia, entre literatura e imagens trazidas para o corpo.

Nele, o público vai ser posto de frente com um dos elementos mais fortes da nossa existência: o mar. As bailarinas mostram no palco a imensidão e a força do oceano, dando mais vida, formas e movimentos transformados em arte. O espetácvulo integra o projeto ACQUA, contemplado no XI Edital de Incentivo às Artes 2015, apoiado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará. Os ingressos podem ser adquiridos na Bilheteria do Dragão do Mar por R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). A classificação etária é livre.

No dia 18 de abril, o festival “Dança em Movimento 2018” faz uma mostra de trabalhos desenvolvidos por profissionais e amadores, com a proposta de apresentar uma diversidade de coreografias e, com isso, abrir uma gama de experimentos, proporcionando uma avaliação reflexiva em torno dos trabalhos apresentados. Sob direção de Angélica Forte, a mostra acontecerá às 19h30, no Teatro Dragão do Mar. Os ingressos custam R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) e a classificação etária é livre.

Dirigido por Alda Pessoa, João Paulo Lima apresenta, nos dias 21 e 22 de abril de 2018, às 20h, no Teatro Dragão do Mar, o espetáculo “No’tro Corpo”, um ensaio sobre as possibilidades do corpo. As cenas se combinam num entrelaçar das questões que o artista lança a partir de si e dispara como enfrentamento ao público. Que corpo temos? Que corpo nos exigem ter? Uma dança que deseja reagir, resistir e empoderar. Os ingressos custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia) e a classificação etária é livre.

Todo domingo, o Dragão do Mar realiza o Fuxico no Dragão, feirinha de artigos criativos que reúne expositores de produtos de design, moda e gastronomia. Para celebrar o Dia Internacional da Dança, o Fuxico realiza, no dia 22 de abril, das 14h às 20h, na Arena Dragão do Mar, a edição especial Fuá de Salão. A edição comemorativa apresenta uma mistura de ritmos das danças de salão, com apresentações gratuitas, e convida os visitantes a entrar na dança.

Muitos espetáculos gratuitos de dança também serão apresentados no Maloca Dragão 2018, festival que celebra o aniversário do Centro Dragão de Arte e Cultura e a força crescente da produção artística cearense. Realizado de 24 a 29 de abril, neste ano, a 5ª edição do festival terá como tema “As barricadas abriram caminho: os 50 anos de maio de 68”, a partir do qual será feita uma profunda reflexão das revoltas de maio de 1968, no Brasil. Além de debates, shows, exposições e mostra de cinema, o festival traz espetáculos de dança e teatro com acesso gratuito. A programação completa será divulgada em breve, no site do Dragão do Mar.

Segundo Rogério Mesquita, curador do Teatro Dragão do Mar, a programação especial que comemora o Dia Internacional da Dança reforça o compromisso do Instituto Dragão do Mar em promover ações que contribuam para o fomento à dança, bem como para a democratização do acesso à linguagem artística, a partir da formação de plateias. “Pensamos numa programação que apresente a rica produção artística cearense e que nos permita refletir sobre os novos caminhos da dança. O Ceará é um celeiro de criadores, mas tem encontrado dificuldades para encontrar o seu público. Com esse recorte, buscamos fortalecer e reforçar a produção e a fruição da dança no Ceará e entender quem é e onde está o seu público”, afirma o ator e curador.

outros destaques >>

Facebook

Twitter