28 C°

sexta-feira, 24 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Elenco feminino de ‘One Tree Hill’ acusa criador da série de assédio sexual

terça-feira, 14 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

O elenco feminino e a equipe de “One Tree Hill” (2003-2012) assinaram uma carta conjunta para acusar o criador da série, Mark Schwahn, de assédio sexual. A informação foi divulgada nesta segunda (13) pela revista americana “Variety”.

O grupo também aproveitou a missiva para declarar apoio à roteirista Audrey Wauchope, que afirmou ter sofrido abusos de Schwahn.

De acordo com a Variety, as produtoras da série “The Royals”, nova produção de Schwahn, estão monitorando cuidadosamente a informação. “E!, Universal Cable Productions e Lionsgate Television estão compromissadas em prover um ambiente de trabalho seguro, no qual todos são ameaçados respeitosa e profissionalmente”, afirmaram em comunicado.

A carta, assinada por atrizes como Sophia Bush, Hilarie Burton e Bethany Joy Lenz, afirma que “o comportamento de Mark Schwahn durante as filmagens de ‘One Tree Hill’ era algo como ‘um segredo conhecido’.”

“Muitas de nós fomos, em graus diferentes, manipuladas psicológica e emocionalmente. Mais de uma nós ainda está em tratamento de stress pós-traumático. Muitas de nós fomos colocadas em situações desconfortáveis e tivemos que aprender a lutar, muitas vezes fisicamente, porque ficou claro para nós que os supervisores na sala não eram os protetores que deveriam ser”.

Atores da série, como James Lafferty, não assinaram a carta, mas mostraram solidariedade nas redes sociais. “Eu aplaudo todas as mulheres de ‘One Tree Hill’ e todas as mulheres da Terra que levantam-se para um sistema que falhou com elas tanto no passado como neste momento”, escreveu Lafferty.

Em seu perfil no Twitter, a roteirista Audrey Wauchope falou sobre o caso. “Estou furiosa e triste pelas mulheres que precisaram se sentar em um sofá ao lado daquele homem e estou furiosa e triste que, mesmo anos depois, eu não me sinto segura para conseguir fazer nada real sobre isso, que parece estar acontecendo em todo o lugar”, escreveu a escritora.

A atriz Hilarie Burton, de “One Tree Hill”, afirmou em outubro, também no Twitter que foi assediada por Ben Affleck quando tinha 18 anos, durante as gravações do programa “Total Request Live”, da MTV. Ele se desculpou e disse que agiu inapropriadamente.

Reprodução

ASSÉDIO EM HOLLYWOOD

HARVEY WEINSTEIN
No caso que foi o estopim para a avalanche de acusações em Hollywood, o outrora poderoso produtor de 65 é acusado de ter assediado e estuprado mulheres ao longo de três décadas. Entre as vítimas estão Angelina Jolie, Ashley Judd e Gwyneth Paltrow. Bob Weinstein, irmão de Harvey, também foi acusado de assédio.

KEVIN SPACEY
O ator de 58 anos foi acusado pelo colega Anthony Rapp de o ter assediado fisicamente quando a vítima tinha 14 anos. O ator mexicano Roberto Cavazos fez acusações semelhantes. Após as acusações, a Netflix suspendeu a última temporada da série “House of Cards” e afastou o ator do programa, além de cancelar o lançamento do filme “Gore”, protagonizado por Spacey.

LOUIS C.K.
O comediante e diretor de 50 anos confirmou as acusações de assédio sexual feitas contra ele por cinco mulheres, publicadas em reportagem do “New York Times”. Em dois relatos, o comediante se masturbou em frente a atrizes sem o consentimento delas. Após as denúncias, a estreia do filme “I Love You, Daddy”, de Louis C.K., foi cancelada. A Netflix também cancelou a produção de um especial com o comediante.

JAMES TOBACK
Segundo o “Los Angeles Times”, mais de 30 mulheres denunciaram o diretor e roteirista de 72 anos de cometer assédio sexual. Autor da reportagem, Glenn Whipp disse ter sido contatado por 193 mulheres com acusações semelhantes contra Toback, autor do roteiro de filmes como “Bugsy” e “O Apostador”.

ROMAN POLANSKI
Além de ter estuprado uma garota de 13 anos em 1977, o cineasta franco-polonês de 84 anos também é alvo de, pelo menos, outras quatro acusações contra mulheres menores de idade, entre elas a atriz Charlotte Lewis. Em Paris, uma retrospectiva de sua obra foi alvo de críticas por um grupo feminista.

DUSTIN HOFFMAN
O ator que tem hoje 80 anos é acusado de ter assediado sexualmente a escritora Anna Graham Hunter, então com 17 anos, no set do telefilme “A Morte de um Caixeiro-Viajante”, em 1985. Ele teria falado de sexo para ela e a apalpado. Hoffman se desculpou e disse que aquilo não “reflete” quem ele é.

BRETT RATNER
A atriz Natasha Henstridge diz ter sido forçada a fazer sexo oral no diretor de “A Hora do Rush” e “X-Men: O Confronto Final” nos anos 1990. Além dela, outras atrizes e modelos, como Olivia Munn e Jaime Ray Newman, também relatam casos semelhantes envolvendo ele. Rattner, 48, nega as acusações.

ED WESTWICK
O ator conhecido por “Gossip Girl” foi acusado de estupro por Kristina Cohen e Aurélie Wynn. Ele nega. A polícia de Los Angeles abriu investigação sobre o primeiro caso. Com isso, a BBC suspendeu a exibição “Ordeal by Innocence”. As gravações já iniciadas da segunda temporada de “White Gold”, da Netflix, também foram suspensas.

Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

assédio sexual One Tree Hill

outros destaques >>

Facebook

Twitter