31 C°

quinta-feira, 27 de julho de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Festival Arruaça “invade” periferia com arte Circense

segunda-feira, 17 de julho 2017

Imprimir texto A- A+

Respeitável público, entre os dias 14 e 23 de julho, a magia do circo vai invadir a periferia de Fortaleza com o Festival Arruaça. Em sua primeira edição, o projeto promove ocupação artística em espaços públicos, com apresentações circenses e vivências de iniciação ao malabarismo, tecido acrobático e perna de pau. Com muitas cores, alegria e descontração, a população terá acesso a diversão para todas as idades e ainda a chance de experimentar os primeiros passos na arte do circo.

“Sabemos que a violência é assunto rotineiro no cotidiano da cidade, principalmente da periferia por conta da sua espetacularização. A ‘política do medo’ invade lares, ruas e bairros inteiros de tal forma que muitos moradores não tem coragem de visitá-los, ou pior, se privam de usufruir dos espaços públicos da sua região”, reflete Mauricio Rodrigues, artista e idealizador do projeto.

Crianças, jovens e adultos moradores ou visitantes dos bairros Barra do Ceará e Pirambu são convidados a participarem desta ação gratuita como proposta de ação transformadora deste cenário, através do poder de mudança promovidos pela arte, cultura e resistência. Com apresentações artísticas e vivências formativas livres no campo do circo, que envolvem desde a criança, que se aventura no malabarismo praticado no semáforo, ao idoso, morador da comunidade.

“Percebe-se que em praças onde ocorrem manifestações culturais de qualquer natureza, além do movimento de socialização de pessoas, aumenta também o movimento de trabalhadores autônomos, que vão desde vendedores de lanche a ambulantes com brinquedos, contribuindo não só para a redução da violência, como também com a economia do bairro”, conclui Mauricio.

O projeto foi contemplado pelo VI Edital Ação Jovem, através da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude e conta com o apoio colaborativo e independente dos grupos Fuzuê, As 10 Graças da Palhaçaria, Coletivo Os Desconhecidos e Trupe Rebimboca.
O festival tem ainda o patrocínio coletivo de moradores do Pirambu com o incentivo da Livraria e Papelaria Tic Tac, Loja MC Móveis, Salão N Hair Beleza Feminina, Mercadinho Super Cantinho das Frutas, Pastelaria Idalina, Revista Exotic People, Pizzaria Popular, BH Bar, Depósito O Assis e Vany Modas.

outros destaques >>

Facebook

Twitter