30 C°

sábado, 16 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Maior astro do rock francês, cantor Johnny Hallyday morre aos 74 anos

quarta-feira, 06 de dezembro 2017

Imprimir texto A- A+

Diário de Goiás

Considerado por muitos o maior roqueiro da França, Johnny Hallyday morreu aos 74 anos nesta quarta-feira (6). O cantor enfrentava um câncer no pulmão.

Em declaração, sua mulher Laeticia Hallyday disse que “ele nos deixou hoje como viveu toda sua vida, com coragem e dignidade”.

Hallyday tinha forte presença de palco inspirada em Elvis Presley e um estilo musical com influências de Chuck Berry e Buddy Holly.

Embora sua fama tenha sido restrita aos países de língua francesa, ele vendeu cerca de 110 milhões de discos em 50 anos de carreira.

O presidente da França Emmanuel Macron, por meio de uma declaração, afirmou que o cantor “trouxe uma parte da América para o nosso panteão nacional”.

Hallyday chegou a usar sua fama para apoiar líderes como Giscard d’Estaing e Jacques Chirac. O roqueiro, porém, deu um basta à política depois de se desiludir com o mandato de Nicolas Sarkozy, que ajudou a eleger em 2007.

POLÊMICAS

Em 2006, o cantor causou polêmica na França ao anunciar que iria se mudar para a Bélgica para fugir dos altos impostos locais. Dois anos antes ele precisou depor à Justiça após ser acusado de estupro.

 

Mais conteúdo sobre:

França Johnny Hallyday roqueiro

outros destaques >>

Facebook

Twitter