28 C°

sábado, 16 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Caravana leva noções jurídicas e de cidadania a alunos do ensino médio

quinta-feira, 25 de Maio 2017

Imprimir texto A- A+

Direito e educação andam juntos na Caravana da Educação promovida pela Academia Cearense de Direito. A caravana, que tem como objetivo levar noções jurídicas, cidadania e educação, aos alunos do ensino médio, de colégios estaduais em dez municípios cearenses, teve seu primeiro evento realizado em Fortaleza com a presença do ministro do Superior Tribunal Militar (STM), José Barroso Filho.
“A Academia pensa, que uma das características principais para os desatinos sociais, é a educação. Então, em virtude disso, nós estamos trazendo o ministro José Barroso Filho, para correr em dez cidades do interior do Ceará levando educação, cidadania e direitos humanos, ambiental e civil”, destacou Roberto Victor Ribeiro, presidente da academia.
Além de Fortaleza, a caravana irá percorrer mais nove municípios, que são: Canindé, Hidrolândia, Ipu, Crateús, Tauá, Senador Pompeu, Quixeramobim, Quixadá e Guaramiranga. “Em cada cidade dessas, faremos uma palestra aos alunos. Nós pensamos que desta forma iremos pingar um pouco de luz nesse oceano de incertezas que a sociedade brasileira vive no momento. Se a gente conseguir plantar, agora, na mente dos nossos jovens, crianças e adolescentes que é necessário respeitar o estado, as pessoas, o direito e a legislação, teremos, com certeza, uma sociedade muito mais ajustada e mais harmônica e pacífica no futuro”, disse Roberto.

Futuro
Para o ministro José Barroso, que estará em todas as caravanas, o momento é de reavaliar a educação que está sendo ministrada atualmente. Segundo ele, os índices educativos no Brasil estão muito abaixo se comparado a de outros países. O ministro defende uma nova metodologia, cuja prioridade seja um novo pacto em prol do futuro.
“Temos um potencial muito grande, mas demanda uma nova educação, novos métodos que instigue o aluno a estudar, a ver significância à experiência educativa e que, com essa catedral de conhecimentos, tenha a capacidade de decidir, de influir no mundo real”, afirma José Barroso que fala, ainda, em alunos que não estão sendo preparados para fazer a diferença. “Estamos perdendo talentos”, considera.

Educação política
O ministro defendeu ainda a preparação para uma educação política aos jovens e adolescentes. “Uma cidadania desobrigada faz da democracia um lamentável mal entendido. A pessoa deixa que pensem por ela, que cuide da sua criatividade, e a vida passa a não ser dela. Os pequenos grupos passam a definir a sociedade. E é assim, mas acontece porque estamos anestesiados”, concluiu.

Sobre a academia
A Academia Cearense de Direito surgiu em dezembro de 2016, no Ceará, e é a 4ª de mesmo gênero no Brasil. Foi criada sob o ideal de reunir os talentos jurídicos do Estado e de irradiar para a sociedade lições e auxílio nas adversidades. Entre as ações definidas pela academia, está a de realizar visitas em escolas públicas de ensino médio e fundamental para ensinar noções básicas nas diversas áreas do direito, como é o caso da Caravana da Educação. “A academia nasceu com esse propósito, de tentar enraizar a cultura, fomentar a sabedoria, ajeitar, dentro dessa estrutura da academia, o que é direito, e formar novos cidadãos, para que amanhã eles possam ser conhecedores de seus direitos e seus deveres”, disse Roberto Victor.

outros destaques >>

Facebook

Twitter