28 C°

sexta-feira, 24 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Águeda Muniz, da Seuma, é a Personalidade Ambiental 2017

terça-feira, 07 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

 

O Prêmio O Estado Verde de Responsabilidade Ambiental 2017 vai para Águeda Muniz. A atual titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza (Seuma), a Doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e ambientalista, como é costume, ficará sabendo que é a agraciada da terceira edição do prêmio, somente, após leitura desta noticia.
O reconhecimento é um desdobramento da publicação semanal O estado Verde, do jornal O Estado, que tem como objetivo reconhecer o trabalho de uma pessoa que destaca e privilegia a dimensão ambiental em sua área de atuação, colocando o meio ambiente em pauta, para a promoção do desenvolvimento sustentável, no Estado do Ceará.

Merece
O nome de Águeda Muniz foi escolhido pela editora do O Estado Verde, Tarcilia Rego, a partir das notícias e matérias publicadas no período de outubro de 2016 a setembro de 2017, no semanário e em outros veículos. “Estou muito segura da minha escolha”, disse a idealizadora e editora da iniciativa de comunicação ambiental, do Jornal O Estado.
“Conheço poucas pessoas que trabalham tanto, com tanta responsabilidade e com resultados tão positivos, para a melhoria contínua da qualidade ambiental de Fortaleza, como a titular da Seuma. E mais, em uma posição estratégica e de liderança, ela coloca, sim, o meio ambiente em pauta”, afirma a editora.

Políticas
A frente de projetos como a informatização de uma série de serviços, ao assumir a Secretaria, em 2013, a gestora pública conseguiu acelerar significativamente a emissão de alvarás o que lhe rendeu prêmios. Outro destaque é a Política Ambiental de Fortaleza [em franco andamento], elaborada a partir do planejamento integrado entre ambiente natural e ambiente urbano.
Não podemos esquecer que a norma agrega a Política de Baixo Carbono, sancionada pelo Prefeito Roberto Cláudio, muito estratégica para Fortaleza, em relação à questão das mudanças climáticas.

Outro destaque, tratando-se de políticas públicas, foi a recente aprovação ou a modernização do código de posturas da Cidade, ou seja, a nova Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos). Na ocasião, sobre o assunto, Águeda disse à imprensa que “a atualização da Luos apresenta-se com o desafio de dinamizar as relações econômicas de Fortaleza permitindo ao cidadão o seu direito à Cidade”.

Saiba mais
Antes de atuar como gestora pública na Prefeitura de Fortaleza, a doutora Águeda, já atuava na área de Planejamento Urbano e Regional, elaborando planos de desenvolvimento locais e regionais e projetos urbanísticos voltados para atividade turística sustentável.

Resultados positivos
Esse ano, como resultado de uma gestão compromissada com o desenvolvimento sustentável a partir da estruturação de políticas, planos, programas, ações e projetos voltados para a área ambiental, o município de Fortaleza recebeu o Prêmio Sensibilidade Ambiental pelo êxito alcançado na Certificação Selo Município Verde, edição 2016, promovido pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Ceará. Outro destaque da Política Ambiental de Fortaleza é a regulamentação do Sistema Municipal de Áreas Verdes. Das 229 praças implantadas e/ou reformadas na cidade, 163 foram adotadas ou encontram-se em processo de adoção por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes

Da Redação do OeV
oev@oestadoce.com.br

 

outros destaques >>

Facebook

Twitter