terça-feira, 13 de novembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Blu-Sistema revoluciona conceito de servir água mineral no mundo

terça-feira, 24 de março 2015

Imprimir texto A- A+

Imagine ter água mineral de qualidade premium ao alcance de apenas um toque. Para quem ainda precisa se preocupar com as idas e vindas de garrafões plásticos, essa situação pode não passar de sonho. Mas já é realidade para milhares de pessoas através da tecnologia da Blu-Sistema de Água Premium, empresa cearense pioneira no segmento de água mineral residencial no mundo.

Empresário cansado do desconforto de interromper os afazeres para comprar os pesados “garrafões de água mineral”, sempre que estes esvaziavam, resolve inovar. Henrique Hissa criou no Ceará, após três anos de pesquisas, elaboração de projetos, e muitos testes de qualidade, a Blu – Sistema de Água Premium, uma empresa pioneira no fornecimento de água mineral, a granel.

Hoje, o sócio-diretor da primeira e única empresa do mundo a fornecer água mineral a granel, afirma que atende 110 edifícios e empresas já contam com a operação da Blu em Fortaleza e Natal. “Atuamos em parceria com as principais construtoras do País, que já perceberam as vantagens da utilização do sistema para os empreendimentos, seja na segurança, qualidade alimentar, conforto, como na própria valorização dos imóveis”, afirma Hissa.

Outros 90 empreendimentos seguem em processo de construção, com pelo menos metade deles com entrega prevista para 2015. Entre os parceiros da Blu destacam-se Colmeia, Diagonal, Scopa, Mota Machado, C. Rolim Engenharia, Porto Freire e Magis Incorporações.

 

Dispensa garrafão

Henrique Hissa constata a mudança que o serviço exclusivo oferecido pela Blu obteve junto ao segmento da construção civil. “Antes, o empreendimento contara com o sistema de abastecimento predial de água mineral, era visto como um diferencial. Hoje, essa relação mudou para tornar-se algo essencial. Os próprios consumidores já exigem essa praticidade”, afirma.

A distribuição de água mineral a granel confere aos moradores do condomínio mais segurança, pois elimina o trânsito de pessoas pelas áreas internas do condomínio; praticidade, dispensando de vez o uso do garrafão, e garantia de qualidade, com a frequência da manutenção preventiva ao condomínio, com a certificação mensal da qualidade da água.

 

Medição

A medição do consumo é feita por apartamento, com instalação de medidores individuais. Os terminais de consumo podem ser colocados em qualquer lugar da casa, apartamento ou residência e o morador pode ter quantos pontos desejar. No caso dos condomínios, vale ressaltar que não é necessária a adesão de todos os moradores para a instalação individual do sistema operado pela Blu.

 

Sustentabilidade

A água sai da fonte, na Serra Grande, para serem abastecidos os reservatórios instalados em edifícios, condomínios, residências, empresas e escritórios. Os reservatórios dos caminhões-tanques e dos edifícios são de aço inox, mantendo as propriedades da água, que pode ser consumida 24 horas por dia nos terminais de consumo.

O sistema do fornecimento da água passa por manutenção constante. Tanto que a Blu recebeu o selo do Green Building Council (Conselho Americano de Edifícios Verdes), que especifica requisitos para a “Sustentabilidade em Grandes Construções” e garante a integridade e a qualidade dos alimentos, eliminando o uso de embalagens plásticas pelos usuários. Técnicos especializados acompanham cada abastecimento realizado pelos caminhões nos reservatórios.

Outro diferencial do Sistema de Água Premium (www.sistemablu.com.br) é que ele pontua significativamente para que as empresas alcancem a Certificação Leed, atestando a sustentabilidade da obra.

Tecnologia minimiza a utilização de até 25 mil garrafões por mês

Ao dispensar o uso de garrafões plásticos em até 5 mil pontos de consumo, evitando a utilização de 25 mil garrafões, mensalmente entre seus clientes, a Blue, além dos usuários do Sistema, a Blu contribui, diretamente, para a preservação do meio ambiente. Afinal, o plástico precisa, em média, de 100 anos para ser absorvido pela natureza, segundo o Instituto Akatu (www.akatu.org.br).

Ademais, os plásticos descartados indevidamente, já são os grandes vilões dos oceanos que seguem sendo poluídos e impactados em decorrência da grande quantidade desse tipo de material encontrado nos oceanos. As águas marinhas já recebem, em média, 8 milhões de toneladas de plástico, por ano.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter