30 C°

sábado, 16 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Enel se prepara para fornecer soluções de mobilidade elétrica no mercado americano

Por Tarcilia Rego oev@oestadoce.com.br

terça-feira, 21 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

A filial norte-americana, da Enel (EnerNOC) acaba de anunciar a aquisição da eMotorWerks. A empresa é uma das “principais fornecedoras, dos EUA, de estações de recarga para veículos elétricos, chamada de JuiceBox, e proprietária e operadora da JuiceNet, uma plataforma de Internet das Coisas, para o gerenciamento inteligente de recarga de veículos elétricos e outras instalações de armazenamento de energia distribuída”.

Através da plataforma JuiceNet, essas instalações podem ser controladas remotamente e agregadas para fins de balanceamento de rede, baseando-se em fluxos de eletricidade unidirecionais e bidirecionais (veículo a rede, conhecido pela sigla V2G). A aquisição da eMotorWerks pela EnerNOC , marca a entrada da Enel no mercado de mobilidade elétrica dos EUA, um dos maiores do mundo.

Revolução
Em matéria publicada no portal ambiente.energia, o responsável pela divisão de e-Solutions da Enel, Francesco Venturini, afirma que “a revolução da mobilidade elétrica está levando empresas de serviços públicos, operadores de rede e consumidores, a repensar os modelos de negócios tradicionais”.
Disse ainda que a aquisição “enriquece a oferta de mobilidade elétrica e integra uma solução inteligente e altamente sofisticada de recarga de veículos elétricos” ao portfólio de serviços da companhia, incluindo “a maior rede de resposta à demanda do mundo, sistemas de gerenciamento de distribuição de energia e soluções de armazenamento de baterias”.

Oportunidades
Segundo, Val Miftakhov, fundador e CEO da eMotorWerk, a eletrificação do transporte é uma das maiores oportunidades de redução de emissão de gases de efeito estufa do planeta . “Os veículos elétricos estão se tornando rapidamente o maior recurso flexível na rede”, disse.
“Com o gerenciamento inteligente de energia por meio da JuiceNet, os carros elétricos podem fornecer a maior parte da capacidade de balanceamento da rede para possibilitar uma rede 100% renovável em todo o mundo. Além disso, à medida que a adoção dos veículos elétricos cresce, as empresas de serviços públicos devem adicionar mais infraestrutura para atender às demandas de energia ou adotar soluções de recarga inteligente.”

Minimiza emissões
“A solução da eMotorWerk minimiza as emissões e otimiza remotamente a carga dos veículos elétricos, o que pode reduzir as demandas em momentos de pico e aumentar as possibilidades de veículos elétricos se recarregarem com energia renovável barata e limpa”, disse o CEO.
Ainda de acordo com Miftakhov, na condição de “o mais novo membro da família Enel, a eMotorWerks possui agora, todos os recursos e acesso ao mercado necessário para levar nossas soluções a todo o mundo e impulsionar a adoção mais rápida de um futuro inteligente com veículos elétricos, todos integrados na rede.”

 

Mobilidade elétrica da Enel, no Ceará

Em 2009, a Enel Distribuição Ceará (então Coelce) apresentou em Fortaleza, carros elétricos adquiridos pela empresa para integrar a frota de veículos da mesma e informou a existência de um projeto de pesquisa com o objetivo de estimular o uso desse tipo de veículo pelos cearenses, bem como também, estudar a viabilização de postos de recarga para carros elétricos em vários pontos da Capital.
Através da assessoria de imprensa, fomos informados que o projeto em andamento junto da Enel, referente à mobilidade elétrica, é o VAMO, “o primeiro sistema de carros elétricos compartilhados, do país, desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, a Unifor, a Hapvida e a Serttel”, diz a nota.
“Atualmente, o projeto conta com 20 carros, distribuídos em 18 estações, sendo 12 com recarga e 6 sem recarga. A Enel é responsável pela plataforma de medição e acompanhamento do processo de carga nas estações, integrado ao sistema de faturamento da companhia.”.

Centro de Referência
Segundo a nota, “o projeto conta com um Centro de Referência em Mobilidade Elétrica, administrado pela Unifor, para estimular o uso de veículos elétricos através de pesquisas científicas, relacionadas ao impacto econômico e socioambiental.”
Pelo andar da carruagem, ou melhor dos carros elétricos, ficamos sem resposta quanto ao estudo da viabilização de postos de recarga para carros elétricos em vários pontos da Capital cearense. Ou seja, se você tem um carro elétrico, por enquanto, ainda não conte com um posto de abastecimento para veículos elétricos, através da Enel.

 

outros destaques >>

Facebook

Twitter