25 C°

quinta-feira, 29 de junho de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Hoje, Funceme apresenta avaliação da quadra chuvosa 2017

terça-feira, 13 de junho 2017

Imprimir texto A- A+

A quadra chuvosa 2017 no Ceará foi encerrada oficialmente no dia 31 de maio, significando o fim do período de principais precipitações no Estado. A conhecida irregularidade de espaço e de tempo das chuvas foi observada neste ano? Quais macrorregiões foram mais beneficiadas e quais as mais prejudicadas? A distribuição da chuva foi positiva ou negativa para quais setores? Como devem ficar as precipitações em junho e no segundo semestre do ano? O monitoramento do Oceano Pacífico aponta maiores chances de El Niño, neutralidade ou La Niña para 2018?
Hoje, essas e outras perguntas serão respondidas pelo presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio Martins. Ele vai explicar os pontos positivos e negativos da estação de chuvas deste ano no Ceará e os impactos nos setores, às 9h30, no auditório da Funceme, em Fortaleza.

Dois prognósticos
É importante lembrar que a Funceme divulgou neste ano, dois prognósticos climáticos para o Ceará, ambos apontando a categoria de precipitações em torno da média histórica como a mais provável. O primeiro prognóstico foi apresentado em 18 de janeiro e mostrava a previsão de chuvas acumuladas para entre os meses de fevereiro, março e abril. O segundo, divulgado em 21 de fevereiro, apontava para os meses de março, abril e maio.

outros destaques >>

Facebook

Twitter