29 C°

sábado, 22 de julho de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

ONG Visão Mundial participa de posse da Comissão Nacional

terça-feira, 04 de julho 2017

Imprimir texto A- A+

A Comissão Nacional para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) tomou posse, na última semana, em cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília. Formada por representantes do governo e da sociedade civil – incluindo integrantes do setor privado –, a comissão, escolhidos por meio de seleção pública, tem como missão avançar na implementação no Brasil da agenda global proposta pela ONU. A ONG Visão Mundial foi uma das selecionadas para compor a seleção dos representantes.

A Agenda 2030 faz parte de um Protocolo Internacional da Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas assinado pelo governo brasileiro em conjunto com 193 países e que define a estratégia mundial de desenvolvimento sustentável para os próximos anos. Reúne contribuições do diálogo entre governos e sociedade civil, construídos desde a Rio +20 que resultou na inserção de novas temáticas ao desenvolvimento sustentável tais como: indústria, inovação, infraestrutura, crescimento econômico, mudanças climáticas, e outros.

Até 2030, o Brasil se comprometeu a alcançar os 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e suas 169 metas que buscam, dentre outras, erradicar a pobreza e a fome; reduzir as desigualdades; combater mudanças climáticas; promover o crescimento econômico inclusivo.

O ministro da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy, responsável por coordenar a comissão, ressaltou que o Brasil está no caminho para o cumprimento dos ODS, e que a Comissão Nacional é um grande passo para o alcance da Agenda 2030. “Estamos olhando para o desenvolvimento sustentável em todas as suas dimensões: econômica, social, ambiental e institucional”, disse. “É preciso promover a atuação de governantes, gestores, representantes de movimentos sociais e do setor privado. Esta comissão vem fortalecer os esforços de implementação dos ODS”, diz o coordenador residente das Nações Unidas no Brasil, Niky Fabiancic.

Comissão Nacional
Foram selecionados, por meio de edital, representantes da esfera municipal, da sociedade civil – sendo esta dividida em três grupos: que representam ou tenham como associadas ou filiadas entidades que desenvolvam atividades nos campos do ensino, pesquisa e extensão; que representam ou tenham como associadas ou filiadas empresas e institutos e fundações empresariais; e que representam ou tenham como associadas ou filiadas entidades que desenvolvam ações e projetos sem fins lucrativos – e do governo estadual e distrital.

outros destaques >>

Facebook

Twitter