30 C°

quarta-feira, 28 de junho de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Startup brasileira entre as finalistas do maior prêmio de design do mundo

terça-feira, 16 de junho 2015

Imprimir texto A- A+

 

 

 

Um exemplo de inovação e pioneirismo. A startup brasileira New Hope Ecotech, plataforma inovadora para monitoramento de destinação de resíduos sólidos, foi anunciada entre as finalistas do INDEX: Award 2015, maior prêmio de design do mundo. O projeto conta com o apoio da SBAC, responsável por formatar o modelo de negócios da startup. Caso queira conversar com os responsáveis por esse case de inovação e pioneirismo, solicite seu agendamento.

Pela primeira vez, uma iniciativa brasileira está entre as 46 finalistas entre 1.123 projetos do Index: Award que acontece a cada dois anos na Dinamarca pelo Instituto INDEX: Design To Improve Life e que já contemplou inovações importantes de empresas como Google e Apple, que novamente figuram com projetos entre os finalistas desta edição.  Conforme informado no site do Index (http://designtoimprovelife.dk/index-award-2015-finalists/), todos os projetos foram escolhidos “devido à força e à criatividade de cada um”, e de acordo com os critérios gerais de classificação do Index: Forma, Impacto, Contexto.

 

Ecotech

Com a nova Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), fabricantes de bens de consumo precisam investir em logística reversa para restituírem os resíduos sólidos ao setor empresarial. A partir deste mote os brasileiros Thiago Pinto e Luciana Oliveira, desenvolveram o New Hope Ecotech na Kellogg School of Management, nos Estados Unidos, e teve a formatação do modelo de negócios realizado no Brasil através da SBAC Advogados, escritório especializado em demandas de startups e Pequenas e Médias Empresas (PMEs).

O projeto consiste em uma plataforma de monitoramento de destinação de resíduos sólidos que estabelece um novo nível de conexão entre as empresas, responsáveis pela destinação dos mesmos, como determina a PNRS e os recicladores independentes, e cooperativas de reciclagem. De acordo com o seus empreendedores, a New Hope Ecotech “trata-se de uma solução inclusiva, eficiente, rentável, rastreável e segura”, surge como uma solução aos fabricantes de bens de consumo para as demandas da PNRS. “Ter uma ideia é fundamental, mas conseguir concretizá-la é a grande vitória. E a SBAC tem nos ajudado em diversos sentidos nessa caminhada”, diz Luciana Oliveira, co-fundadora da Ecotech.

Segundo Pedro Schaffa, sócio-fundador da SBAC, o diferencial para fazer o New Hope sair do papel foi o modelo de atendimento diferenciado e acessível oferecido pela SBAC. “Nós conseguimos formalizar e abrir caminho para a empresa estabelecer seus primeiros contratos por um preço muito acessível. Talvez, isso não fosse possível em um modelo de assessoria tradicional, onde o acesso é muito mais restrito”, resume Schaffa.

 

Anúncio

A cerimônia de anúncio dos vencedores do INDEX: Award 2015 acontece no dia 27 de agosto, em Copenhagen, Dinamarca. A New Hope Ecotech concorre com projetos como o Powerwall, iniciativa da montadora americana Tesla, o Self Driving Car e o Cardboard, ambos do Google, e até o Bitcoin, o projeto de moeda virtual que estabelece um novo paradigma nas relações de pagamento que acontecem em ambiente digital.

 

*Com informações da SBCA, da Ecotech e Index: Award.
 

POR TARCILIA REGO

Do O Estado Verde

outros destaques >>

Facebook

Twitter