28 C°

sexta-feira, 24 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Dois professores do Ceará vão disputar prêmio nacional

quinta-feira, 09 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

Dois professores do Ceará vão disputar a final do Prêmio Professores do Brasil, em dezembro. Mari Cecilia Silvestre da Silva, de Icapuí, e Rodrigo Nóbrega Martins, de Crato, vencedores da etapa regional, já vão receber R$ 7 mil cada, viagem à Irlanda para participação em programa de capacitação apoiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), troféu e equipamentos de informática com conteúdo educativo para as escolas em que trabalham. Agora, eles estão entre os 30 profissionais de todo o país que seguem para a grande final.

Reprodução

Com o projeto Água, fonte de vida em redonda, na Escola Horizonte da Cidadania EEF, em Icapuí, a professora Mari Cecilia utilizou a produção de uma vídeo-reportagem para desenvolver a escrita de roteiros para o gênero reportagem, as técnicas de produção, filmagem e edição de vídeos, além da utilização de recursos sonoros e imagéticos para produção audiovisual. “Os alunos aprenderam que escrever é um ato complexo e exigente, que a escrita pode ser colaborativa, que a produção textual é um texto em processo de construção, que a pesquisa é importante na produção textual e que a multimodalidade está presente na comunicação e podemos fazer uso delas para produzirmos conteúdos e nos comunicarmos nos meios digitais”, detalha.

Vencedora na categoria ensino fundamental/sexto ao nono ano, ela conta que o projeto a ajudou a “abrir seu campo de visão para um dos pilares da educação do século 21: que é o aprender a aprender”. “Aprendi que cada aluno tem seu modo de aprender e é importante conhecer e vivenciar em sala de aula a teoria das inteligências múltiplas. Isso é inclusão”, define.

O projeto de Mari Cecília também foi vencedor na categoria temáticas especiais. Os 15 vencedores dessa categoria em todo o país serão premiados de acordo com a área na qual estão inscritos. Entre as premiações, estão uma viagem de uma semana a Londres para participação em atividades educativas, palestras e visitas a museus; R$ 5 mil em dinheiro; e visita ao Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo.

Revista – Já Rodrigo Nóbrega Martins, professor da Escola Estado da Bahia EEFM, em Crato, venceu na categoria ensino médio com o projeto Revista Discentes: um sentido para a produção textual no ensino médio do estado do Ceará. Além dos textos produzidos pelos estudantes da turma de Educação de Jovens e Adultos (EJA), a revista conta com a colaboração de alunos de diversas escolas do estado.

“Posso dizer que a produção textual nessa turma mudou radicalmente. Se antes tal atividade era encarada como chata e enfadonha, hoje ela se toma de um entusiasmo difícil de relatar em palavras. São donas de casa, pedreiros, pintores, adolescentes, que por motivos diversos se evadiram do ambiente escolar e que hoje retornam experimentando o privilégio de ter suas ideias respeitadas, publicadas, compartilhadas e lidas fora do ambiente escolar”, relata.

Da lista dos 30 ganhadores regionais, sairão os nacionais – seis, ao todo, sendo um de cada categoria: educação infantil/creche, educação infantil/pré-escola, ensino fundamental/ciclo de alfabetização, ensino fundamental/quarto ao quinto ano, ensino fundamental/sexto ao nono ano e ensino médio. O anúncio está previsto para a primeira quinzena de dezembro, em cerimônia de premiação.

Concurso – Esta é a décima edição do Prêmio Professores do Brasil, que tem o objetivo de reconhecer e divulgar o trabalho de docentes que contribuem para a melhoria da educação básica, valorizando e estimulando seu papel na formação das novas gerações. Participam do concurso educadores de escolas públicas de todo o Brasil. Além dos prêmios já recebidos, os ganhadores da etapa nacional receberão mais R$ 5 mil cada e troféu.

Mais conteúdo sobre:

professor prêmio nacional

outros destaques >>

Facebook

Twitter