sábado, 26 de Maio de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Jeri: campanha visa melhorar saneamento

terça-feira, 06 de Fevereiro 2018

Imprimir texto A- A+

Representantes de diferentes órgãos estaduais e municipais, participaram na manhã de ontem, segunda-feira, na sala de reuniões da Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce), de encontro com o objetivo de solucionar problemas relacionados ao esgotamento sanitário e ao uso indiscriminado dos recursos hídricos do município de Jijoca de Jericoacoara. Essa é a terceira reunião, somente neste ano, que discute o assunto, em busca de estratégias sustentáveis para Jijoca.

O conselheiro Fernando Franco, no exercício da presidência da Arce, afirma ser imprescindível estabelecer “um urgente cronograma de ações para que se possa não só acompanhar, mas cobrar, fiscalizar, inspecionar e, a posteriori, autuar”. Nessa mesma linha, o analista de regulação Alceu Galvão, integrante da Coordenadoria de Saneamento Básico da Arce, enfatiza que, nessa primeira fase, que é de sensibilização, “o objetivo é, de fato, chamar a atenção do público para séria e preocupante questão hídrica”. “Estamos todos unidos em favor de Jijoca de Jericoacoara, será uma força tarefa em prol daquele destino turístico”, reforça Fernando Franco.

Representantes
No encontro de ontem, que contou com representantes da Cagece, Setur, Cogerh, Semace, Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara e do Instituto Brasil Solidário, foram levantadas questões consideradas essenciais para que Jericoacoara não venha a sofrer prejuízos. Para tanto, ações conjuntas imediatas, entre elas um plano de comunicação visual sensibilizando a população, fiscalizações e formas de incentivos foram definidas, além de um calendário de reuniões com formadores de opinião e empresários, envolvendo proprietários de hotéis e pousadas, incluindo o trade turístico de toda a região.

Nesse sentido, foi aprovado o conteúdo de um folder que será distribuído à população, com a informação de que, entre19 de fevereiro e 2 de março, a Vila de Jericoacoara receberá ações educativas e de mobilização para o alerta ao descarte correto do esgoto e ao uso responsável da água. Já no período de 5 a 30 de março, os imóveis residenciais e comerciais estarão passivos a fiscalização e multa.
A mesma publicação adverte, ainda, que a Vila possui rede de esgoto, sendo importante que o imóvel seja interligado, evitando o uso de fossas que podem contaminar o lençol freático. Orienta, também, que o serviço de interligação deve ser solicitado à Cagece e que, logo em seguida, um bombeiro hidráulico deve ser contratado para que faça a interligação do imóvel à rede coletora por meio da caixa instalada pela Companhia.

outros destaques >>

Facebook

Twitter