domingo, 15 de setembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Fé no futuro dos EUA

Macário Batista

Colunista - Política

terça-feira, 22 de janeiro 2013

Imprimir texto A- A+

• Washington (DC) 5 graus – Eu vim aqui cobrir uma posse, a segunda posse de Barack Obama, o primeiro e o segundo presidente negro dos Estados Unidos.

E como sei que toda a imprensa mundial que está aqui, cuidará em seus textos e imagens do óbvio, pautei a mim mesmo falar do vestido de Michelle, do cabelo de Michelle, dos assentos aquecidos para os trazeiros poderosos, da gaffs, das presenças e posturas artísticas e outras mumunhas que quase nunca ninguém fala.

Eu poderia falar ainda que a juíza do Supremo, Sonia Sotto Maior, uma latina, criada no pobre Brooklyn novaiorquino faria o juramento do vice-presidente Biden e que Iran Diaz, um cubano é o único membro da banda de música do presidente Americano que não é americano e toca bombardino. Eu até exploraria o fato de que soube, de cocheira que as filhas do Primeiro Casal só têm acesso à internet no fim de semana, que só usam o celular em necessidade e que são criadas como vivem todas as famílias americanas.

Poderia ainda dizer que a CNN e a ABC, cadeias mundiais de televisão, espicharam mais de 50 quilômetros de cabos para a cobertura do evento. Poderia dizer que andou ensaiando pingos de neve e que no alto do Capitólio estavam estendidas cinco modelos de bandeiras americanas desde o início da república. E iria por aí, não fosse o discurso de Obama e sua fala insistente em igualdade e defesa da diversidade da vida americana.

Obama calcou sua fala de 18 minutos e 30 segundos, no sonho de Luter King Jr. E na marcha de 50 anos sobre a Nação em busca de igualdade. Obama negou cor da pele, sentimento político, religião, opinião e até diversidade sexual para sugerir uma Nação cada vez mais igual onde os muitos pobres sejam poucos e os muito ricos dividam com quem não tem nada.

Falou de democracia, homenageou os soldados mortos pela liberdade da pátria, fez questão de dizer que gays e homossexuais devam ser tratados como iguais e que os desafios da saúde são enormes e,cuidando de quem precisa, “seremos uma nação maior”, disse. Passou pela economia: “Esta geração de americanos foi testada por crises.

Uma década de guerra está terminando. Uma recuperação econômica já começou”. Quando Obama falou insistentemente em igualdade e oportunidades para todos, os altinos entenderam que era um recado aos imigrantes e um aceno à reforma migratória. Instante algum falou em si, mas usou a cada começo de frase, a expressão NÓS. Talvez seja isso que o faz diferente e que Deus  o abençoe e não nos desampare nunca.

• Revelado o segredo de Estado – As mulheres, a modo, os buxixos americanos cercaram durante os ultimos 60 dias como iria pra posse do marido dona Michelle Obama, a primeira-dama.

• Arrasou bangu – Michelle simplesmente apareceu com um clássico que deixou o mundo da moda em estado de sítio. Parou todo mundo. Michelle arrasou Bangu diria até o Ibrahin.

• Capa da time – Um novo trabalho do artista plástico brasileiro Vik Muniz será a próxima capa da revista americana Time.

• Original enfeitará a casa branca – Usou recortes de edições passadas para compor o rosto do presidente Barack Obama, na semana em que ele toma posse de seu segundo mandato.

• Trigo vai subir – O Brasil vai passar apertado com o trigo e seus novos preços. A Argentina tá botando boneco e diz que vai reduzir nossa cota de quatro milhões de toneladas para 3,5 toneladas.

Obama outra vez presidente
Tem que ser muito macho pra falar à Nação mais conservadora que eu já vi sobre aceitar os gays e homessexuais. Desafiar os poderosos a diminuir seus ganhos e deixar as minorias sofrerem menos e encarar o lobby da saúde dos EUA que é contra o SUS cá deles. O “cara” estava grave. O que ouvi do povo? – Gostei, disse cada um que escutei no sereno da festa.

• Seca por aqui – Aqui nos EUA, a região produtora foi declarada de calamidade pública por causa dos efeitos da seca que reduziu muito a safra. Vai quebrar no meu pão sovado com nata.

• PT sem luizianne  – Pelos ditos de Zé Guimarães, o grande líder do PT na Câmara Federal, Luizianne Lins deixará em breve a presidência do partido no Ceará.

• É que… – Guimarães afirma, com os pés juntos e beijando os dedos em cruz que o PT do Ceará não vai brigar com Cid Gomes e estará com ele na sucessão de 14. Êita!

• Saudades do pai – Cid  Gomes deu o nome do Hospital do Norte, inaugurado em Sobral de Zé Euclides seu pai e meu saudoso e caro amigo. Faz sentido. Zé Euclides, adorava tratar do tema saúde.

• No lugar de aníbal – Quarta-feira, amanhã, o empresário Severino Ramalho Neto, dono dos Mercadinhos São Luiz, tomará posse da presidência da Acesu – Associação Cearense de Supermercados. Sai Aníbal Feijó, que dirigiu a entidade pelos últimos 15 anos.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter