sexta-feira, 20 de setembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Juízos e prejuízos do interior

Macário Batista

Colunista - Política

quinta-feira, 31 de janeiro 2013

Imprimir texto A- A+

• Comparar os drama da Prefeitura de Fortaleza com algumas do interior fica difícil. É que aqui, pelo menos aqui, o prefeito tem uma boa maioria na Câmara Municipal e pode, com uma certa tranquilidade, trabalhar as mudanças propostas no conjunto de ações do executivo. No interior, não. Pego o exemplo de Crato. O prefeito Gomes de Matos chegou cuspindo bala. Botando fogo pelas ventas. Buliu, mexeu, botou gente pra fora, formalizou um secretariado cheio de novidades e, na primeira de copas, já perdeu dois secretários que não aguentaram o tranco. O dinheiro era pouco, teriam dado como desculpas pra pularem fora da viatura. No Juazeiro do Norte, vizinho, parede-meia, o bode do Raimundão é mais grave. Não conseguiu, por inabilidade, armar uma Câmara a seu favor e tem um voto de diferença na Casa legislativa contra seus interesses. Ontem mesmo, mandou três mensagens nem a que propõe aumento salarial para a área da saúde foi sequer votada. Pediu urgência, mas os caríssimos vereadores simplesmente disseram: Béisso?! Pra que tanta pressa? Temos sete dias para examinar as matérias de urgência e 10 dias pras normais. Raimundão ficou chupando o dedo enquanto seus aliados se pegavam em plenário. Cacete puro. Nas galerias, superlotadas, o povão aplaudia e apupava. Era vaia-vai-vaia-vem, um conjunto sonoro de impropérios e críticas aos dois lados. Vai continuar assim até que Raimundão Gente Fina, resolva um bom entendimento fazendo na minoria, maioria. Já no Crato, só Nossa Senhora de Fátima, cuja imagem vai ter retomada sua construção semana que vem, poderá salvar o primo do Zé Adega.

• Heitor, senador – Taí um nome que pode dar trabalho; Heitor Férrer, candidato ao Senado. Isso dizem os aliados dele que acham que pelos votos, que teve pra prefeito em Fortaleza pode ser moleza.

• Cratera – O buraco deixado por Chico Vaulino, também conhecido como Chico da Lata, na Prefeitura de Camocim, só de INSS passa dos R$ 27 milhões.

• Pior – Chico da Lata, um catador, que o povo botou na Prefeitura, fez sumir como todas as informações que a Prefeitura deveria ter, desde folha a pessoal. Sumiu tudo. Tudo!!!

• Olho no fogo – O deputado Welington Landim, quer audiência pública, em fevereiro, na Assembleia Legislativa, para tratar da segurança em bares, boates, casas de show etc. e tal no Ceará.

• Seria!!! – O deputado Paulo Pimenta, do PT do Rio Grande do Sul, seria o verdadeiro dono da Boate Kiss que pegou fogo e matou quase 250 mil pessoas em Santa Maria.

• Fim do flanelinha – Tem fórmula e não é mágica, pra acabar com o abuso dos flanelinhas nas cidades do Ceará. Em Sobral, por exemplo, um “ponto” de flanelinha vale até R$ 500,00.

• Na mesma sobral… – O prefeito Veveu Arruda estaria propenso a instalar, na cidade, as máquinas de moedas em estacionamentos, os parquímetros. Aqui, o Canal 10 botou essa bandidagem para correr de seu entorno.

Carnaval em Veneza
O locutor que vos fala, Jarbas Studart e Luiz Carlos Correa revivendo o Carnaval em Veneza proporcionado pela Alitália que chega ao Ceará, via Roma.

“Comendo eu e meu cavalo…”
Filosofia cearense

• Recomeço – Amanhã, os deputados estaduais do Ceará retomam o trabalho nesta legislatura. Há várias novidades, em plenário, desde a saída definitiva de uns e licenças de outros.

• Duas mulheres – Formando a Casa das Nove, deputada Dra. Silvana e Ana Paula Cruz são as beldades que voltam para a Assembléia, retomando o grupo de nove deputadas.

• Jogo da liderança – Hoje, quinta-feira, a bancada do PMDB, no Senado, com os principais caciques do partido (vice-presidente Michel Temer, Renan Calheiros e José Sarney) decide se o líder será Romero Jucá ou Eunício Oliveira.

• Pimentel caiu – O novo líder do governo Dilma, no Senado, é Walter Pinheiro. Ele toma o lugar de Zé Pimentel que poderá ganhar a 4ª secretaria como consolação.

• A troco de quê? – O que é que Cid tem a dar aos Arruda para tirar José Gerardo Arruda, filho, da vaga de suplente do PMDB na Câmara? Cid quer o lugar pra Ilário Marques, do PT.

• Os sem convênios – Dos 184 municípios do Ceará, 121 não podem fazer qualquer negócio com o governo Federal. Fizeram caquinhas no governo anterior.

• Dentre eles… – Acaraú, Aracati, Cedro, Eusébio, Ipu, Juazeiro do Norte, Crato, Santana do Cariri, São Gonçalo do Amarante, Campos Sales, Senador Pompeu são alguns que deixaram heranças malditas pra seus novos prefeitos.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter