30 C°

sábado, 16 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Migração ameaçadora

Fernando Maia

Colunista - Política

sexta-feira, 25 de outubro 2013

Imprimir texto A- A+

Embora governistas mais otimistas insistam em que a reeleição da presidente Dilma no primeiro turno eleitoral continua sendo uma “barbada”, analistas tarimbados e  bem informados, mostram que a situação poderá não ser exatamente essa. Essa realidade, já é reconhecida entre os  planejadores da campanha da presidente, que mostram uma preocupação: existe uma forte deterioração das antes fortes relações do governo com o empresariado. A cada grande evento envolvendo âncoras de todos os setores, um sentimento vem sendo cada vez mais evidente, ou seja, os “donos do PIB” querem cada vez menos conversa com a presidente Dilma e, principalmente com o PT. Na tentativa de reverter essa migração ameaçadora, o Planalto tem encarregado alguns ministros, notadamente do PMDB, mais identificados com a elite empresarial, de trazer de volta esse importante apoio. Depois de empossada, Dilma conseguiu atrair muitos empresários de peso e influência que dela tiveram boas promessas. Entretanto, faltou objetividade e cumprimento de palavra da parte do Planalto. O presidente da Fiec, Roberto Macedo, alertou incontáveis vezes sobre a concorrência desleal de mercadorias importadas da China e de outros países, ameaçando de fechamento indústrias nacionais. Diante desse quadro, os líderes do setor produtivo nacional começam a migrar para outras candidaturas, como as de Eduardo Campos e Aécio Neves, de quem recebem garantias de dias melhores. A quem tenta o retorno do empresariado, a resposta tem sido invariável: a classe foi muito maltratada pelo governo de Dilma e do PT, e, não há nenhuma medida econômica compensatória em vista.  Ou seja, os líderes da indústria, comércio e agricultura estão “em outra”. E sem eles, não há eleição garantida. 

• Segurança. Para o deputado Fernando Hugo (Solidariedade), é preciso imitar a maneira como se faz segurança pública em Recife-PE, onde o projeto envolve centenas de projetos sociais.

• Importante.  Na CMF, o vereador Iraguassu Teixeira (PDT), conseguiu a aprovação da Semana de Combate aos Crimes Virtuais. Trata-se de estabelecer uma pesada luta contra os perigos, hoje, representados pelo uso criminoso da Internet, uma ameaça real a crianças e adolescentes.

• Tem razão. Uma das declarações mais acertadas do titular da SSPDS, Servilho Paiva: é urgente  mudar a Ronda, onde o pessoal precisa sair da “zona do conforto” dos carrões.

• Mobilização. Defensores públicos do Ceará aliam-se à mobilização nacional contra o veto da presidente Dilma à lei que assegura a autonomia das Defensorias de todos os estados.

• Haja greve! Segundo o Sindifort, a categoria dos servidores municipais de Fortaleza não abre mão do reajuste salarial de 15%. ou seja, lá vem mais greve.

• Evangelizador. O padre Manzotti, que lança amanhã, no aterro da Praia de Iracema, o seu CD “Faz-me crer”, afirma: “Nessa peregrinação, não sou um artista, mas um evangelizador de Cristo”.

Mérito total
A CMF concedeu ao procurador-geral da Justiça, Ricardo Machado a “Medalha Boticário Ferreira”. Homenagem justa para o condutor do MPE, e que foi um baluarte contra a infame PEC-33, que reduzia o poder de investigação dos procuradores e promotores.

• Devolução. Na visão do senador Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à presidência, “é necessário reestatizar a Petrobras e devolvê-la a quem di direito – o povo brasileiro”.

• Afastamento. Nos EUA, o “Wall Street Journal” publica que foi o “intervencionismo lulapetista” no leilão do pré-sal que afastou desse processo gigantes desse setor, como Exxon e Chevron.

• Campanha. Na tarde de ontem, o presidente da AL, José Albuquerque lançou campanha contra as drogas, cujo alvo é ajudar às autoridades policiais e da Justiça contra a criminalidade.

• Código. Na próxima terça-feira, o procurador-geral do TCE, Edilberto Pinto, lança proposta para a criação de um Código de Ética para aquele importante colegiado.

• Entre…as muitas medidas moralizadoras a serem inclusas nesse Código, está a proibição da participação de quaisquer parentes de conselheiros em processos licitatórios.

• Acertando. Acerta o prefeito Raimundão, de Juazeiro do Norte, ao defender um pacote turístico abrangendo as atrações de todos os municípios da Região do Cariri.

• Muito bom. Sem alarde, o Congresso Nacional aprovou projeto de lei que obriga o atendimento  domiciliar por órgãos públicos a pessoas sem condições de atender a convocações.

espelho
Entre as medidas da PMF para melhorar a saúde, o Posto Santa Liduína, na SER III, entregue, ontem, reformado e ampliado, vai triplicar o número de consultas diárias.

outros destaques >>

Facebook

Twitter