29 C°

quinta-feira, 23 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Bolsa registra quarta alta com exterior e política

sexta-feira, 14 de julho 2017

Imprimir texto A- A+

Influências externas positivas e um cenário político mais ameno favoreceram a quarta alta seguida da Bolsa brasileira, que renovou, ontem, o maior patamar em quase dois meses. No mercado cambial, o dólar fechou praticamente estável, cotado a R$ 3,21. O Ibovespa encerrou o dia com alta de 0,53%, para 65.178 pontos.

É o maior nível desde 17 de maio, quando foi divulgada a notícia da delação do empresário Joesley Batista, que mergulhou o Governo em uma crise política. O volume financeiro negociado foi de R$ 7,384 bilhões. A média diária do ano no pregão é de R$ 8,14 bilhões.

O dólar comercial teve leve alta de 0,06%, para R$ 3,210. O dólar à vista, que fecha mais cedo, encerrou com queda de 0,25%, para R$ 3,208. No cenário doméstico, o mercado aguardava a sanção da reforma trabalhista, pelo presidente Michel Temer.

Os investidores acompanhavam também a votação, na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), da denúncia da Procuradoria-Geral da República, segundo a qual o peemedebista cometeu crime de corrupção passiva no exercício do cargo.

outros destaques >>

Facebook

Twitter