31 C°

domingo, 17 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Com taxa Selic a 7%, poupança bate ganho da maioria dos fundos

quarta-feira, 06 de dezembro 2017

Imprimir texto A- A+

A queda da taxa básica de juros para 7% ao ano deixou a poupança mais atrativa que a maioria dos fundos de investimento de renda fixa, em especial aqueles com taxa de administração salgadas, de acordo com simulações feitas pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade).

Ilustração

Nesta quarta (6), o Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu reduzir a Selic em 0,50 ponto percentual, em linha com o esperado pelo mercado. A decisão do BC foi tomada diante de um cenário de inflação comportada e em uma tentativa de consolidar a recuperação da atividade econômica do país, após o PIB (Produto Interno Bruto) ficar praticamente estável no terceiro trimestre.

A Anefac estima o rendimento mensal da poupança em 0,40% com a Selic a 7% ao ano.

Pelas contas da associação, fundos com taxa de até 0,5% ao ano batem a rentabilidade da poupança, independentemente do prazo de resgate considerado. A caderneta ganha de fundos com taxa de 1% ao ano em caso de resgate em até seis meses, mas perde se o dinheiro ficar acima desse período aplicado nesses produtos.

A poupança perde também para fundos com taxa de administração de 1,5% se o resgate for feito em mais de dois anos e empata se o dinheiro for sacado entre um e dois anos. Em prazos menores, a caderneta ganha.

Já fundos com taxas acima de 2% ao ano perdem para a caderneta independentemente do prazo considerado.

Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

Copom Selic

outros destaques >>

Facebook

Twitter