28 C°

quinta-feira, 25 de maio de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Comércio do Centro não abrirá as portas no feriado

sexta-feira, 21 de abril 2017

Imprimir texto A- A+

Inicialmente previsto para funcionar normalmente, hoje, em pleno feriado de Tiradentes, o comércio da área central de Fortaleza não mais abrirá suas portas, por causa da onda de violência que vem sendo registrada na capital cearense desde a última quarta-feira (19). A decisão foi tomada no fim da tarde de ontem, após uma reunião entre os lojistas que atuam naquela região da cidade, a fim de evitar um baixo volume de vendas, bem como a exposição de clientes e funcionários a possíveis atos de violência praticados por marginais.

Houve um consenso de que não valeria a pena expor correr o risco de alguém ser ferido ou assaltado pelos bandidos que vêm desafiando as autoridades cearenses. “A gente percebeu que os lojistas estavam apreensivos, pois seria o retorno de vendas num feriado, que representa um investimento e, tendo em vista os últimos acontecimentos registrados na Grande Fortaleza, houve um consenso em não abrir as lojas da área central da cidade. Tanto para evitar um insucesso no volume de vendas, como alguma possível violência contra funcionários ou clientes. Mas as lojas de bairros, supermercados e shopping centers vão funcionar normalmente”, disse o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas da Capital (CDL-Fortaleza), Severino Ramalho Neto.

As lojas de bairro e dos shoppings vão funcionar normalmente hoje, representando a segunda data comemorativa, neste ano, que o comércio abrirá as portas, já que a última vez foi no dia 25 de março – feriado estadual da Carta Magna do Ceará, com exceção das lojas da malha central. Segundo a CDL de Fortaleza, a medida busca minimizar as perdas com o baixo movimento dos últimos meses de desaceleração da economia brasileira.
As lojas da Avenida Monsenhor Tabosa também funcionarão, hoje, sendo que os estabelecimentos iniciam suas atividades às 9 horas e seguem até as 16 horas. Já amanhã, o horário será normal, de 9 às 17 horas. O acordo firmado entre o sindicato dos lojistas e dos trabalhadores inclui, ainda, a abertura do comércio em outros três feriados: 15 de junho (Corpus Christi); 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida); e 15 de novembro (Proclamação da República).

outros destaques >>

Facebook

Twitter