sexta-feira, 24 de maio de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Congresso discute sindicalismo patronal e economia no Ceará

terça-feira, 14 de maio 2019

Imprimir texto A- A+

A partir de amanhã (15), Fortaleza será o centro do pensamento sobre o comércio nacional. A capital cearense recebe a 35ª edição do Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNSE), que reunirá dirigentes sindicais, empresários, executivos, advogados e outros interessados vindos de todo o País. O evento, que acontece até o dia 17, será realizado no Centro de Eventos do Ceará (CEC), pela Fecomércio-CE e o Sindilojas Fortaleza.

Com enfoque em temas de diversos eixos que se relacionam com as atividades do setor, a programação do congresso inclui desde assuntos que se referem ao desempenho das entidades sindicais até aqueles que tratam de maneira mais ampla o cenário econômico para o comércio brasileiro. Dessa forma, o evento pretende debater soluções não apenas para os problemas enfrentados pelos órgãos sindicais, mas para diversos desafios encontrados pelas empresas do segmento. Além dos painéis e palestras, haverá reuniões entre os grupos de executivos, assessores jurídicos e de comunicação, que discutirão temas relacionados a cada área e apresentarão trabalhos.

Temáticas
O cenário econômico incerto que o País vem enfrentando nos últimos anos, com a lenta recuperação da crise econômica, tem consequências diretas para o comércio. Essa relação entre os sinais da economia nacional e o que o setor pode esperar dele será abordada nas palestras e painéis. Um dos fatores que causam prejuízos generalizados é a pirataria, que também será debatida no congresso. Outras perspectivas para as empresas do segmento têm ligação com as frequentes as inovações que já estão transformando as relações com os clientes. Novidades nesse âmbito e a importância de estar bem preparado para as novas formas de atender o público serão trabalhadas no painel Varejo do Futuro.

O trabalho dos sindicatos, federações e da Confederação em representar e defender os interesses do setor, assim como a necessidade de fortalecer essas entidades são também foco do congresso. O painel Negociação Coletiva (Acordado X Legislado) aborda um tema de extrema importância atualmente. Outros aspectos da nova legislação serão apresentados na palestra A Nova Realidade Sindical À Luz da Reforma Trabalhista, assim como a sustentabilidade financeira dos sindicatos, tema do painel Inovação e Sustentabilidade Sindical. O congresso também terá discussões a respeito da atuação dos braços sociais do Comércio, Sesc e Senac e a necessidade de defender e fortalecer o Sistema S.

O presidente da Fecomércio Ceará, empresário Maurício Filizola, pontua que o congresso é uma forma de fortalecer o setor: “É um momento de troca de experiências, de modelos de gestão, de informações sobre serviços prestados por cada instituição, e nada melhor do que essa troca de conhecimentos envolvendo todos esses entes para tornar cada um deles mais forte”. O presidente do Sindilojas Fortaleza, Cid Alves, por sua vez, destacou a importância do encontro diante do cenário atual: “Primeiro, porque faz com que todos os sindicatos patronais do comércio falem a mesma língua. Mas agora, ele tornou-se ainda mais importante porque, com a nova legislação trabalhista, que começou a vigorar ano passado, a gente precisa se reinventar”, ressaltou.

Feira de negócios
Paralela ao 35º CNSE, acontece Expo Empresarial – Comércio, Serviço, Turismo, com a participação de diversas empresas que fornecem produtos e serviços para o segmento, como telefonia e cartões corporativos. A exposição será oportunidade para estreitar relacionamento entre empresas, fomentando negócios entre expositores e participantes do congresso. A feira vem facilitar o relacionamento entre fornecedores e possíveis clientes, servindo como catalisadora na criação de vínculos comerciais entre expositores e visitantes.

Para os empresários e representantes sindicais que estarão no evento como expectadores, a feira é uma chance de conhecer novos serviços e produtos, conversando com os expositores e descobrindo como cada um pode atender às necessidades de seu negócio, agregando valor e otimizando os processos. A feira começa amanhã, à noite, somente para os participantes do congresso. Já nos dias 16 e 17, fica aberta para visitação externa, das 8h30min às 18h30min.

Fecomércio-CE homenageia Tadros, presidente da CNC
O encerramento do 35º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNSE), na sexta-feira (17), contará com a primeira entrega da Ordem do Mérito Comercial do Ceará, criada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio-CE). O primeiro a ser agraciado com a Ordem é o atual presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC), José Roberto Tadros (foto), em solenidade que acontece no La Maison Coliseu, a partir das 20 horas, com a presença de personalidades locais e nacionais.

A honraria homenageia personalidades físicas, jurídicas e organizações nacionais e internacionais que alcançam destaque nos segmentos empresarial, cultural, científico, político, religioso, social e, ainda, na defesa da livre empresa, contribuindo com a atuação das instituições do Sistema Fecomércio-CE. Além de estar à frente da CNC, o primeiro homenageado, José Roberto Tadros, é também presidente dos Conselhos Nacionais do Sesc e do Senac, do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae e da Academia de Ciências e Letras Jurídicas.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter