domingo, 16 de junho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Encontro de Redes e Centrais de Negócios do NE acontece hoje

quinta-feira, 13 de junho 2019

Imprimir texto A- A+

Dirigentes, associados e executivos de mais de 100 redes e centrais de negócios dos estados do Nordeste estarão em Fortaleza, hoje e amanhã (14), participando do 1º Encontro de Redes e Centrais de Negócios da Região, que acontece no Centro de Negócios do Sebrae (Av. Monsenhor Tabosa, 777 – Praia de Iracema). O evento, que tem como tema “A profissionalização das redes impulsionando negócios e resultados”, é direcionado, além dos associados e executivos das redes e centrais de negócios, a empresários dos setores da indústria, comércio, serviços e agronegócios que tenham interesse em implantar uma central de negócios.
O evento, promovido pelo Sebrae Ceará, conta com vasta programação, como palestras proferidas por especialistas e lideranças de segmentos empresariais que falarão sobre o futuro das redes e centrais, dos desafios de crescimento no mercado e da profissionalização da gestão. Entre eles, o presidente da rede Supermercado Pinheiro, Honório Pinheiro, será um dos debatedores do painel “Transformação Digital”.

Contexto
O Ceará é um dos destaques do País em número de redes e centrais de negócios. Conforme levantamento realizado pelo Sebrae, o estado ocupa a quarta colocação no ranking brasileiro e o primeiro do Nordeste com um total de 51 redes associativas de negócios em funcionamento, envolvendo 1.100 empresas associadas e contribuindo para a geração de mais de 18 mil postos de trabalho. Somente o segmento do varejo alimentar cearense, que é formado por supermercados e pequenos mercadinhos, possui um total de 20 redes e centrais de negócios em funcionamento, com 347 empresas envolvidas, numa média de 17 empresas associadas por Rede/Central.
Em todo o Brasil estão em operação aproximadamente 800 redes e centrais de negócios que congregam micro e pequenas empresas de diversas atividades econômicos como supermercados, farmácias, material de construção, serviços automotivos, salões de beleza, pet shop, óticas, suprimentos de informática, móveis e eletrodoméstico, indústrias de sorvetes e de panificação, empresas de Tecnologia da Informação (TI), entre outros segmentos empresariais.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter