sexta-feira, 21 de setembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Firma de compliance facilita comércio com EUA

segunda-feira, 07 de dezembro 2015

Imprimir texto A- A+

A relação comercial entre os Estados Unidos (EUA) e o Ceará acumulou, em 2014, um saldo negativo de 96,81%, com US$ 229 milhões exportados do Ceará para os EUA contra US$ 325,8 milhões importados daquele país pelo Ceará, enquanto a balança comercial entre os dois países foi negativa em US$ 7,98 bilhões, contabilizando US$ 27 bi exportados, contra US$ 35 bilhões importados, segundo informações do Centro Internacional de Negócios, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec). Tendo em vista a relação comercial entre os dois países, e o atual cenário econômico brasileiro, a expansão dos negócios para o mercado norte-americano é uma tomada de decisão apropriada e que, se bem projetada, pode render bons frutos.

No entanto, para o investimento comercial, seja qualquer segmento, é preciso conhecer o mercado norte-americano, planejamento e avaliação econômico-financeira da empresa interessada. Para auxiliar no processo de expansão, a Finance365 – empresa focada em governança corporativa no Brasil e no domínio do conhecimento de compliance, com sede em São Paulo e filiais nos Estados Unidos (Miami), e China –, auxilia empresas brasileiras a ultrapassar fronteiras, expandir seus negócios e se instalar no mercado norte-americano. A empresa avalia cenários de longo prazo, desafios específicos de curto prazo e a introdução do produto no mercado estrangeiro, com soluções em serviços de administração, contabilidade, marketing, negócio, finanças, logística, pesquisas, apoio de vendas e consultoria personalizada.

O presidente da empresa, Alcides Rocha – especialista em administração de empresas, compliance e governança corporativa –, observa que investir nos EUA é uma oportunidade vantajosa. “O mercado americano é muito grande, cerca de 320 milhões de consumidores. Quem tem um bom produto, com preço competitivo, consegue, desde que bem assessorado, entrar no maior mercado consumidor do mundo. Além disso, nossa moeda está desvalorizada em relação ao dólar”, destacou o executivo.

Segundo ele o investimento é uma parte do planejamento de expansão. “A empresa (interessada em investir nos EUA) tem de estar estruturada para as exigências do mercado americano – que é grande –, mas também bastante exigente. Além disso, existem dois componentes chave: preço e qualidade”, ressaltou Rocha. Por outro lado, a variação cambial torna-se vantajosa para os empreendedores. “Sem dúvida, você estará vendendo (serviços ou produtos) em dólar e com custo de produção em reais, para um mercado enorme e que, além da receita, gerará um upgrade na imagem da empresa”, salientou o especialista.

Projeto

A instalação nos Estados Unidos não é limitada só a empresas do comércio, mas o sendo aberta a outros setores, como indústria, serviços e agronegócio, por exemplo. “Existe espaço para todos os segmentos”, assegura Alcides. Ele explica que a Finance365, desenvolve um projeto total junto à empresa cliente, desde o levantamento de mercado, planejamento e avaliações econômico-financeiras. “Se, na análise preliminar, chegarmos à conclusão que não existe espaço para aquela empresa, a Finance365, irá posicioná-la de que não aconselhamos a continuidade dos investimentos”, disse o executivo.

Caso o produto seja adequado, “auxiliamos em todo pré e pós-venda, sempre seguindo as regras de compliance americanas e com relatórios mensais de acompanhamento e avaliação. Não vendemos sonho, vendemos serviços consistentes e completos”, acrescentou.

Além disso, também é elaborado um plano de suporte personalizado para maximizar o retorno de investimento da organização com serviços de orientação sobre como começar um negócio nos Estados Unidos, elaboração de planos de marketing e de negócios, gestão e consultoria de marketing, networking e logística.
A especialista em compliance também oferece o trabalho de abertura da empresa nos EUA, abertura de contas bancárias, emissão de certificados de ações, preparação e armazenamento das atas.

outros destaques >>

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter