sábado, 24 de agosto de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

PecNE reúne agronegócio e trará 121 ações ao CEC

quinta-feira, 13 de junho 2019

Imprimir texto A- A+

Logo mais, às 9 horas, terá início mais uma edição do Seminário Nordestino de Pecuária (Pecnordeste). O evento, considerado o maior da pecuária nordestina – por reunir, em um mesmo espaço, nove segmentos da cadeia produtiva da agropecuária –, acontece até o próximo sábado (15), no pavilhão Oeste do Centro de Eventos do Ceará (CEC), devendo reunir quatro mil produtores e 30 mil visitantes presentes, nos três dias de programação, além dos mais de 70 palestrantes, de vários estados do País.

Na solenidade de abertura, será entregue a Medalha do Mérito Rural Prisco Bezerra, aos três homenageados neste ano. Além da ministra do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Tereza Cristina – agraciada na categoria Política e/ou Administração Pública –, foram escolhidos, pela Diretoria Plena da Faec, o reitor da Universidade Estadual Vale do Acaraú (Uva), Fabiano Cavalcante de Carvalho, na categoria Tecnologia/Ensino; e a diretora do Departamento Sindical da Faec, Nilza Luna, na categoria Produção e/ou Liderança Classista.

Programação
O Seminário apresenta uma ampla programação técnico-cientifica de capacitação envolvendo nove segmentos: apicultura, aquicultura e pesca, avicultura, bovinocultura, caprinovinocultura, equinocultura e da suinocultura, além das atividades não agrícolas no meio rural – como artesanato e turismo, importantes segmentos na dinamização da economia rural. Cada um desses segmentos tem uma programação de palestras e oficinas, voltadas para a temática do evento. Mais de 70 Palestrantes de vários estados do país de comprovada capacidade técnica foram convidados para o evento.
Na programação, estão agendadas 121 atividades entre palestras, mesas redondas, workshop, painéis, e oficinas na arena da Expopec. Serão realizadas quatro oficinas sobre equinocultura e bovinocultura e cinco oficinas de promoção social na vitrine do Senar ofertando cursos gratuitos. Além disso, o público tem acesso gratuito ao local, podendo visitar a Feira de Produtos e Serviços Agropecuários, a Feira da Agricultura Familiar, onde pode comprar castanha, mel, cachaça ou artesanato, degustar a diversificada gastronomia regional e até adquirir um veículo e para quem gosta de gatos e cães, a Feira PET também está garantida.
A Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará (ACC), também estará presente no evento, com um espaço gastronômico e pratos da culinária regional nordestina. O espaço funcionará de 12 às 20 horas e é aberto ao público.

Tecnologias
Um dos espaços mais visitados pelos produtores rurais, estudantes e técnicos dentro do evento, é o Showroom Agropecuário – espaço onde pesquisadores e cientistas podem apresentar suas experiências, sem nenhum custo, e socializar seus experimentos para o público. Segundo a coordenadora do Senar-CE, médica veterinária Carolina Machado, foi realizada uma seleção dos trabalhos enviados, em conjunto com a equipe da comissão técnico-científica do Pecnordeste. O espaço fica dentro da Feira de Produtos e Serviços Agropecuários, do evento.
Nove tecnologias serão apresentadas, como o biodigestor caseiro, unidade de processamento de madeira de cajueiro para a produção de materiais apícolas e componentes de paletes, sistema de saneamento ecológico rural, automação na área da aquicultura da parte elétrica, entre outros.

Importância
O Ceará é, hoje, o segundo maior produtor de leite do Nordeste, “e não temos dúvida de que o Pecnordeste é, em grande parte, responsável por esse crescimento, na medida em que durante 22 anos, vem promovendo a capacitação dos produtores, levando novas tecnologias e ideais”, disse o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), Flávio Saboya. O dirigente fará a abertura do evento, que é promovido pela Faec, Senar, sindicatos rurais, CNA, e Sebrae-Ce.
Conforme Saboya, o Pecnordeste é um importante evento do agronegócio, que busca a capacitação de produtores rurais, estudantes e micro e pequenas empresários do setor, “sempre abordando temáticas relevantes para o agronegócio nordestino e trazendo o debate de temas que impactam no dia a dia do produtor e na sua atividade”.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter