32 C°

domingo, 17 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Drinques de verão feitos com vinho: tem portônica, sangria, piscine e mais!

quinta-feira, 23 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

Tem gente que está fazendo a contagem regressiva para a chegada do verão – época de piscina, praia… E, sim, vinho! Tem quem compre rótulos específicos para serem bebidos frios (ou mesmo com gelo!) e tem quem aproveite para transformar a bebida em um drinque. A ideia tem adeptos ao redor do mundo – aqui, reunimos algumas sugestões para quem quer aproveitar a época mais calorosa do ano sem abrir mão dos bons vinhos.

Sangria

Para muitos, falou em vinho e verão, falou logo em sangria. O drinque de origem espanhola e portuguesa é tradicionalmente feito com vinho tinto, frutas e outros itens – há quem acrescente conhaque ou licor de laranja para turbinar o drinque. O vinho é diluído em club soda, mas há variações para todos os gostos, como limonada ou água tônica.

Clericot

A versão sul-americana da sangria é o clericot (também grafado “clericó”). A origem exata é controversa: há quem jure que o drinque é argentino, enquanto outros garantem que a bebida é paraguaia. O que se sabe é que a bebida é parte do menu de qualquer festa de Ano-Novo que se preza. Ela é feita com vinho branco e uma mistura de frutas à escolha do chef.

Tinto de Verano

Não é só de sangria que o vinho sobrevive no verão espanhol – por lá, o Tinto de Verano também é muito popular. A bebida não poderia ser mais simples: uma parte de vinho tinto, outra de limonada gaseificada, bebida tradicional no país. Para reproduzir o sabor original, tem quem misture água com gás e refrigerante de limão. Algumas receitas acrescentam uma dose de rum à mistura. Serve-se com gelo e rodelas de limão.

Spritzer

Misturar vinho com água com gás para refrescar é uma receita muito popular em algumas regiões da Europa, como Áustria, Croácia e Romênia – por lá, o Spritzer é feito com vinho branco e diversos tipos de club soda ou água com gás. O famoso drinque Aperol Spritz, à base de espumante e aperitivo, segue o mesmo princípio do Spritzer.

Portônica

Os portugueses, com razão, têm bastante orgulho de seu vinho do Porto – e o calor do verão não é considerado motivo para abandonar a bebida. Daí a invenção do Portônica: uma dose de vinho do Porto no copo alto, e água tônica e gelo para completar o copo.

Piscine

Champanhe é sempre uma bebida que traz imagem de glamour, sofisticação – e não poderia deixar de ser consumido mesmo à beira da piscina. Daí a invenção francesa do Piscine – champanhe (ou espumante), fatias de laranja, de morango de pepino, licor de laranja e muito, muito gelo em uma taça grande.

Fonte: UOL

 

Mais conteúdo sobre:

Vinha Drinque

outros destaques >>

Facebook

Twitter