28 C°

quarta-feira, 22 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Comprou um apartamento? Atenção a esses itens na hora da vistoria

quarta-feira, 26 de abril 2017

Imprimir texto A- A+

Marcelo Passarelli pensou que tivesse conferido tudo em seu novo apartamento, mas um detalhe passou despercebido na vistoria. Somente três meses após a entrega das chaves, depois de uma pequena reforma no imóvel, o funcionário público notou o problemão: no box do banheiro, a água não escoava para o ralo, pois o caimento do piso estava completamente errado.

Reprodução/Istock

Reprodução/Istock

O prazo para contestar a vistoria estava vencido e não havia como pedir ressarcimento à construtora. “Cogitei fazer uma reforma por conta própria, mas logo desanimei, pois teria de retirar o box para fazer a obra e mais gastos não seriam bem-vindos.

Optamos por viver diariamente com um rodinho após usar o chuveiro”, conta. Mesmo dando atenção à inclinação do piso, a bióloga Mariana Schiavoni não escapou de uma dor de cabeça inesperada. “Na vistoria, joguei um balde de água no box e pareceu que estava tudo certo.

Somente depois de me mudar e realmente usar o chuveiro percebi que não havia o caimento adequado”. Como levou um tempo para se mudar, ela perdeu o prazo de contestar a inspeção e teve de arcar com o conserto.

O que verificar no imóvel antes da mudança

Além de dar atenção extra ao declive do piso em áreas molhadas, como banheiros e cozinhas, é preciso verificar outros elementos no imóvel para evitar surpresas desagradáveis após a mudança.

Consultados pelo UOL, os arquitetos Andreia Hernandes, do escritório AHPH Arquitetura; Sarah Bonanno, da Tria Arquitetura e Thiago Papadopoli listaram o que você deve examinar antes de entrar de vez na nova moradia. Use esse checklist na vistoria.

Em apartamentos, observe as condições gerais da edificação, se há rachaduras e o estado dos acabamentos. Nessa primeira análise visual, procure detectar se há algum problema estrutural no prédio.

Tente conversar com alguém que more no edifício sobre possíveis reclamações a respeito da estrutura do imóvel. Abra todas as janelas e veja se há boa ventilação. Visite o imóvel em horários alternados para observar a iluminação natural que entra nos ambientes. Verifique também se não há falhas nas portas e nas janelas, abrindo e fechando-as. Examine também a vedação das janelas.

Caso existam móveis instalados, cheque a abertura e o fechamento das portas e gavetas, o acabamento, o alinhamento e o estado das dobradiças. Confira se há acúmulo de pó de madeira, pode ser um sinal de cupins.

Faça a vistoria, de preferência, após ligarem a energia do imóvel. Usando seu celular com o carregador, teste todas as tomadas, atentando-se à quantidade e ao seu posicionamento no ambiente. Se possível, teste também os pontos de iluminação com um bocal e uma lâmpada. Você também pode checar a situação da fiação elétrica, retirando o espelho da tomada ou do interruptor.

Para se assegurar de que o caimento do piso está correto, o teste com um balde de água pode ser insuficiente. Em banheiros, o ideal é que você consiga examinar isso já com o chuveiro instalado, ligando-o e observando o escoamento da água por alguns minutos. Outro jeito é soltar uma bola de gude, por exemplo, no piso da cozinha, para ver se ela segue ou não para o ralo.

Avalie a qualidade da pintura nas paredes e tetos, observe se há bolhas ou manchas que podem sinalizar umidade. Também veja se os azulejos estão bem assentados e rejuntados. Teste as torneiras e as descargas dos vasos sanitários.

Confira se os registros estão bem vedados, sem vazamento. Nesses pontos de água, procure por marcas amarelas no revestimento, que podem denunciar umidade.

Fonte: UOL

Mais conteúdo sobre:

Vistoria Apartamento

outros destaques >>

Facebook

Twitter