28 C°

sábado, 25 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Alongamento de cílios pode causar coceira nos olhos e até queda dos fios

segunda-feira, 06 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

Cílios longos e com volume sem a necessidade de passar rímel todo santo dia. Que mulher que não quer? É com esse apelo que o alongamento ou extensão de cílios tem ganhado destaque nos salões de beleza e clínicas de estética. Mas, apesar da promessa tentadora, o procedimento pode colocar em perigo não só a beleza, mas também a saúde de quem opta pelo tratamento.

A massagista terapêutica Mariana Moreira Alves, 31, de São Paulo, teve uma experiência negativa. “Queria praticidade. Tenho cílios curtos e sou alérgica a rímel. Quando fiz o alongamento, senti um incômodo ao abrir os olhos. Ardeu bastante e ficou vermelho. Depois, fiquei com umas casquinhas nas pálpebras, que pareciam sujeira”, conta.

O procedimento divide até profissionais da beleza. A maquiadora Tatiane Donadio, do Studio W de Alphaville (SP), já ofereceu o serviço às clientes, mas não faz mais. “Percebi que deixa a mulher bonita na hora, mas em pouco tempo traz diversos prejuízos. De fato, houve bastante evolução na qualidade dos fios, com materiais mais naturais. Mas a cola continua a mesma. O cheiro é forte e me lembra um tipo de Super Bonder colorido”, justifica.

Reprodução

A cola oferece riscos à visão

Sem dúvida, a cola utilizada no procedimento é a grande vilã. “A maioria contém formaldeído na fórmula. Esse componente pode desencadear diversas doenças, como uma inflamação na região de nascimento dos cílios e conjuntivite”, explica Keila Monteiro de Carvalho, médica oftalmologista, professora da Unicamp e diretora do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

O derivado do formol é tóxico e, caso entre em contato com o olho, pode causar ceratite, uma inflamação da córnea. “Se o problema não for imediatamente avaliado pelo oftalmologista, há o risco de levar a uma cicatriz e afetar a visão”, alerta.

Pressão pode levar à queda dos cílios naturais

A pressão aplicada sobre as pálpebras na hora de colocar e tirar o alongamento pode acabar quebrando ou arrancando os fios naturais, um efeito adverso relatado por nove em cada dez mulheres que fizeram o procedimento — e o mais temido entre elas.

“A profissional que me atendeu falou que a cola era antialérgica e ainda assim senti uma coceira interminável. Mas o que me deixou mais desesperada foi quando percebi que meus cílios começaram a cair. Fiquei com medo e resolvi tirar a extensão sozinha, em casa”, recorda a publicitária Tatiana Matiello, 33, de São Bernardo do Campo (SP). Não foi diferente com a bailarina Carol Romano, 40: “Além de não ter gostado do resultado, porque achei o efeito artificial, depois de alguns dias comecei a notar a queda. Fiquei quase careca de cílios!”, fala. Nesses casos, o alongamento, que deveria durar de três a quatro semanas, acaba sendo removido poucos dias após a aplicação, o que leva ainda mais à perda de fios naturais.

Quer mesmo fazer? Veja esses cuidados

A escolha do profissional ou da clínica de estética onde irá fazer o alongamento deve ser criteriosa. “Para evitar danos aos olhos, procure um maquiador ou esteticista habilitado e um ambiente que respeite todas as normas de segurança e higiene”, alerta a oftalmologista.

Verificar se a cola contém formaldeído é outra recomendação dos médicos. Mas a tarefa pode se tornar impossível, já que nem sempre a cliente tem acesso ao rótulo do produto. Além disso, basta uma busca por “kit de alongamento para cílios” na internet para descobrir a quantidade de marcas que vendem esse tipo de cosmético, muitas delas pouco conhecidas e nem sempre com o devido registro da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Sentiu alguma reação? Procure um médico

A qualquer alteração na área dos olhos, como vermelhidão, ardor, coceira e inchaço, recomenda-se lavar bem a região com sabão neutro e água em abundância. Também vale fazer compressas com soro fisiológico e consultar o oftalmologista para verificar se não houve nenhum dano mais sério. “Mulheres que usam lentes de contato devem redobrar os cuidados, pois elas apresentam uma menor sensibilidade da córnea. Isso pode atrasar ou diminuir a percepção de todas essas reações”, adverte Keila Monteiro de Carvalho.

Há alternativas mais seguras

Como os riscos do alongamento para cílios ainda são pouco divulgados, não faltam mulheres buscando pelo procedimento nos cabeleireiros. “Para a cliente que chega aqui me pedindo para fazer, sugiro outras alternativas. Existe o permanente de cílios, que deixa os fios mais curvados e, portanto, mais aparentes, e a tintura, que escurece e destaca os pelos”, recomenda Tatiana Donadio. O velho e bom rímel também continua sendo uma arma poderosa e segura para valorizar o seu olhar.

Fonte: UOL

Mais conteúdo sobre:

Maquiagem Coceira Olhos Alongamento de cílios

outros destaques >>

Facebook

Twitter