domingo, 22 de julho de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Miss Iraque diz ter sido ameaçada após foto com modelo de Israel

segunda-feira, 18 de dezembro 2017

Imprimir texto A- A+

Sarah Idan, 27, que representou o Iraque no Miss Universo 2017, vem recebendo ameaças de morte depois de compartilhar uma selfie com Adar Gandelsman, a Miss Israel, em meio aos preparativos para o concurso.

Reprodução

Um dia após o compartilhamento da imagem, segundo a CNN, a modelo recebeu uma mensagem da organização do concurso Miss Iraque dizendo que ela deveria apagar a foto ou perderia o título às vésperas do concurso mundial.

Outras ameaças começaram a surgir na internet. Preocupada, a Idan entrou em contato com a família. “Minha mãe estava surtando. Eu disse ‘mãe, foge, foge!’. Eu disse a ela que sentia muito e perguntei se ela queria que eu deixasse a competição. Eu estava pronta para desistir naquele momento”, disse a modelo.

Idan também estava sendo ameaçada por ter posado de biquíni nas preliminares do concurso, mas era a selfie que mais incomodava os internautas. “Quando postei a foto eu não imaginava que teria uma reação assim”, disse à CNN.

“Eu acordei com as ligações da minha família e com a Organização Miss Iraque enlouquecendo. As ameaças que recebi na internet foram tão assustadoras”, comentou Idan, que se recusou a excluir a foto.

Um dia depois do post, Idan concordou em adicionar um segundo texto, explicando que ela não apoia o governo de Israel ou as políticas do Oriente Médio e se desculpou com “quem pensou que aquilo fosse um ataque à causa Palestina”.

A modelo não contou sobre as ameaças para mídia, para que sua família pudesse deixar o país em segurança. “As pessoas no Iraque reconheceram minha família. Imediatamente souberam quem meus pais eram. Eles começaram a ser ameaçados de morte”, disse ela.

Idan tem nacionalidade americana e estava tentando renovar o documento iraquiano durante a competição, para tirar um novo passaporte. Ela foi informada de que, para isso, precisaria retornar ao país -o que não pretende fazer tão cedo por questões de segurança.

Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

israel Ameaça Miss Iraque

outros destaques >>

Facebook

Twitter