28 C°

quinta-feira, 19 de outubro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Se você quer ser mais feliz, seja também mais generoso, diz novo estudo

sexta-feira, 14 de julho 2017

Imprimir texto A- A+

Mesmo que você não seja um poço de generosidade, agir só um pouquinho pelo interesse dos outros já pode deixar sua vida mais feliz. Pelo menos é o que defende um estudo da Universidade de Zurique (Suíça), publicado na revista Nature.

Para efeitos de pesquisa, foi prometido a 50 participantes do estudo uma quantia de dinheiro nas semanas seguintes. Metade se comprometeu a investir em outras pessoas, enquanto a outra metade gastaria com eles mesmos. Ao longo deste período foram propostos inúmeros problemas sobre comportamento generoso nos dois grupos e os estudiosos analisaram as atividades cerebrais de todos. Ao final, todos foram perguntados sobre o nível de felicidade antes e depois do estudo.

Getty Images

Analisando as áreas cerebrais responsáveis pela generosidade, pela felicidade e pela tomada de decisões, as interações foram as mais diversas.

Apenas a promessa de gastar o dinheiro com outras pessoas já ativou a área mais altruísta e a fez interagir mais ativamente com a área da felicidade.

E não precisa ser suuuuper generoso. Segundo o estudo, não importa quão altruísta você é. “Você não precisa ser um mártir, se sacrificar, para se sentir mais feliz. Ser só um pouci generoso é suficiente, diz o pesquisador Philippe Tobler.

Fonte: UOL

Mais conteúdo sobre:

Generosidade Comportamento

outros destaques >>

Facebook

Twitter