30 C°

segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Fortaleza é apontada pelo Le Figaro como um dos seis destinos turísticos a serem descobertos em 2018

segunda-feira, 08 de Janeiro 2018

Imprimir texto A- A+

Fortaleza foi apontada pelo jornal francês Le Figaro como um dos seis destinos a serem descobertos (ou redescobertos) no mundo. Na edição do jornal do dia 4 de janeiro, Fortaleza poi indicada ainda como local de início para se conhecer as belezas do interior do Ceará e do nordeste brasileiro, além de ponte de conexão com outras cidades do país.

Reprodução

Com a chamada “Quais locais você deve visitar sem sombra de dúvidas esse ano”, o jornal francês lembrou que, quando se viaja, o mundo se expande, e para tal, classificou aqueles destinos a serem descobertos entre aqueles que procuram sair do óbvio e experimentar novas aventuras.

Citando os novos voos diretos da Air France que vão ligar a capital cearense à Paris, a partir de maio, Fortaleza foi classificada como ponto de referência para ligação entre a Europa e o Nordeste brasileiro, no qual foi recomendado conhecer essa região do país por meio dos seus parques nacionais, a exemplo do Geopark Araripe, no Crato. Foram lembradas, ainda, as belezas naturais e as longas áreas de praias e de dunas em que se pode andar de buggy e praticar o kitesurfe.

Para Alexandre Pereira, secretário do Turismo municipal, a publicação representa o reconhecimento dos trabalhos desenvolvidos pela gestão para implementar o turismo da cidade. “Ser citado em uma matéria de um jornal francês, como o Le Figaro, é sem dúvidas extremamente importante para o turismo da nossa cidade. O trabalho que a Prefeitura vem desenvolvendo em Fortaleza prepara a cidade para esse novo momento em que a Capital e o Estado viverão”, disse.

“É extremamente gratificante ver que o empenho da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Estado do Ceará para tornar o Hub da Air France/KLM uma realidade está sendo reconhecido no cenário internacional. Isso se tornará cada vez mais frequente, pois Fortaleza passa a ser uma das principais entradas da Europa na América do Sul”, acredita Cláudio Nelson, coordenador adjunto da Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas (Cerif).

Fonte: Prefeitura de Fortaleza

Mais conteúdo sobre:

Fortaleza Nordeste Brasileiro

outros destaques >>

Facebook

Twitter