sábado, 21 de setembro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

1ª treta de 2016: corredor de 56 anos fica em 22º na São Silvestre e diz que não cortou caminho

Daniel Negreiros

Colunista - Notícias

segunda-feira, 04 de janeiro 2016

Imprimir texto A- A+

Polêmica! A participação de José Aparecido Gonçalves na São Silvestre, no último dia 31, causou surpresa e suspeitas.

O participante terminou a tradicional prova paulistana de 15 km na 22ª posição, com a marca de 48min42s. Seria um desempenho notável não fosse um detalhe: a idade do corredor: 56 anos.

Na comparação: são 27 anos a mais do que o vencedor da São Silvestre, o queniano Stanley Biwott, que completou o percurso em 44min31s. O melhor brasileiro na prova, Giovani dos Santos (5º com 44min58s), tem 34.

A organização da São Silvestre questionou o resultado.
“Ele furou o caminho. Nossa equipe investigará as imagens para identificar essa pessoa, ele será desclassificado e a classificação da prova sofrerá uma revisão’, afirmou o diretor-geral do evento, Julio Deodoro, ao blog de Eduardo Ohata no UOL, empresa do Grupo Folha, que edita a Folha de S.Paulo.

Para aquele jornal, Gonçalves negou ter trapaceado. “Fui eu mesmo. Não houve furo, cumpri todo o trajeto. Achei até que poderia ter ido melhor”, disse. O corredor contou que treina e participa de provas de rua há dez anos, e que esta foi a segunda vez que participou da São Silvestre.

Fica aí registrada a primeira treta de 2016.

Ah não! Também teve Ivete!

assinaturaportaldn

 

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter