quarta-feira, 17 de julho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Dia Mundial do Sono alerta para impacto do descanso noturno na saúde

sexta-feira, 15 de março 2019

Imprimir texto A- A+

Quando se fala em ter uma vida saudável, a maioria das pessoas pensa automaticamente em hábitos como manter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios regularmente, mas nem sempre acrescentam à essa equação uma noite bem dormida. O fato é que o sono é tão importante que tem até uma data comemorativa. Celebrado em 15 de março, o Dia Mundial do Sono tem como objetivo reforçar a importância do ato de dormir para manter uma vida saudável.

CPAPS

Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), mais de 70 milhões de brasileiros sofrem de insônia. Além de prejudicar o bem-estar, dormir mal, quando se torna um acontecimento recorrente, pode prejudicar a memória, levar ao aumento de peso e enfraquecer o sistema imunológico, tornando o organismo mais suscetível a gripes e infecções.

“Passamos um terço de nossas vidas dormindo, por isso o sono tem um impacto muito grande em nossa saúde. Muitas pessoas têm dificuldade para dormir, mas a adoção de hábitos mais saudáveis pode ajudar muito a aumentar a qualidade do sono”, diz Adriano Ribeiro, farmacêutico da rede nacional de farmácias Extrafarma.

Confira os conselhos da Extrafarma para dormir melhor e ter mais saúde e bem-estar.

Prepara seu corpo para dormir

A exposição à iluminação das telas de aparelhos eletrônicos, como celulares, tablets e computadores, desregula o funcionamento do relógio biológico, afetando a percepção do cérebro de que já anoiteceu e que é o momento de se preparar para o sono. Por isso, evite o uso dos equipamentos algumas horas antes de dormir, para que o corpo entenda que chegou o momento de descansar. Se usar o celular como despertador, silencie todas as notificações e resista à tentação de dar uma última olhada nas redes sociais antes de dormir.

Mantenha a rotina

Tente ir para a cama sempre no mesmo horário, mesmo nos fins de semana. Aos sábados e domingos, evite dormir muito além do horário em que levanta durante a semana, para que seu relógio biológico mantenha a regularidade.

Não exagere no jantar

Evite comer logo antes de dormir e não faça refeições muito pesadas no jantar. Alimentos muito gordurosos dificultam a digestão e podem causar refluxo e queimação no estômago se ingeridos próximos à hora de se deitar, prejudicando muito a qualidade do sono. Se estiver com fome antes de dormir, prefira opções mais leves, como frutas, um copo de leite ou iogurte ou um sanduíche pequeno de pão integral, queijo branco e peito de peru. Café, chocolate, chá preto e comidas apimentadas não são indicados à noite, pois estimulam o organismo e tornam o sono mais difícil.

Prepare seu quarto

Certifique-se de que o ambiente está arejado e em uma temperatura agradável. O calor dificulta o sono, por isso, a não ser que esteja muito frio, não durma com cobertores e edredons muito pesados. Evite ter aparelhos eletrônicos no quarto, pois mesmo em modo stand by esses equipamentos emitem luzes que prejudicam o descanso.

DA REDAÇÃO DO ESTADO ONLINE
isadora@oestadoce.com.br
Fonte: Assessoria de Imprensa

 

Mais conteúdo sobre:

Dia Mundial do Sono

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter