32 C°

domingo, 17 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Mutirão Novembro Azul leva atendimento gratuito a população

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma

quinta-feira, 16 de novembro 2017

Imprimir texto A- A+

Em comemoração ao Novembro Azul, campanha mundial de combate ao câncer de próstata, o Centro Regional Integrado de Oncologia – CRIO, irá realizar no próximo sábado (18), das 08h às 12h, o 1º Mutirão Novembro Azul de atendimento gratuito a população. O mediador desse evento, Dr. Alexandre Sabóia é Médico Uro-Oncologista do CRIO e Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia, Mestre em Cirurgia pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Para participar basta chegar cedo no Ambulatório e ter em mãos o Exame de Sangue PSA, pois serão distribuídas trinta senhas no qual darão direito a consulta e esclarecimentos de dúvidas. O intuito do referido mutirão é conscientizar os homens quanto à detecção precoce do câncer de próstata e se houver algum achado esse paciente será acompanhado pelo profissional.

O câncer de próstata é uma doença que tem cura, quando descoberta na fase inicial. O homem com a idade entre 55 e 69 anos deve realizar a consulta de rotina com um Urologista. Na avaliação com o profissional, ele poderá solicitar ao paciente a realização do exame de sangue (PSA) e o exame de toque retal. Havendo alguma suspeita, o médico irá continuar com outros exames específicos, dependendo de cada caso, essas dúvidas também serão esclarecidas no mutirão.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer – INCA, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Em valores totais, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, simbolizando em média de 10% do total de cânceres. Sua taxa de existência é cerca de seis vezes maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento. A doença é considerada da terceira idade, pois cerca de três quartos dos homens acometidos no mundo acontecem a partir dos 65 anos de idade.

Prevenção

O consumo de alimentos saudáveis como frutas, legumes, verduras e cereais integrais, além da dieta em gordura, principalmente de origem animal, ajuda a diminuir o risco de câncer, assim como outras doenças crônicas. Também são recomendados pelos profissionais da saúde a realização de alguma atividade física de no mínimo 30 minutos diários. É importante lembrar que o consumo de álcool e cigarros em excesso também pode ocasionar a doença. Quanto ao fator genético, se houver casos na família antes dos 60 anos, pode aumentar o risco de se ter a doença.

Tratamento Quimioterápico

O tratamento de quimioterapia é realizado com medicamentos para destruir o câncer, administrados por via intravenosa (injeção em uma veia) ou até mesmo via oral. É introduzida na corrente sanguínea para acertar as células cancerígenas em todo o corpo. A quimioterapia é realizada em ciclos, com cada período de descanso, permitindo que o corpo se recupere, esse ciclo é ocorrido durante algumas semanas.

Sinais e sintomas do câncer de próstata

Segundo o Instituto Onconguia, no estágio inicial, o câncer de próstata normalmente não causa sintomas, já no estágio avançado pode ocorrer os seguintes sintomas:

Micção frequente, fluxo urinário fraco ou interrompido, impotência, vontade de urinar frequentemente à noite, sangue no líquido seminal, dor ou ardor durante a micção, fraqueza ou dormência nas pernas ou pés, perda do controle da bexiga ou intestino devido a pressão do tumor sobre a medula espinhal. Em alguns casos, quando a doença já se propagou, o homem pode aduzir sintomas como dor nas costas, quadris, coxas ou outros ossos. Mas existem doenças, como a hiperplasia prostática que pode causar sintomas iguais ao do câncer de próstata. Por isso é importante a consulta com o profissional a cada ano ou sempre que for necessário.

SERVIÇO:

1° Mutirão do Novembro Azul

Local: Ambulatório do CRIO

Rua Francisco Calaça, 1300 – Álvaro Weyne

Dia: 18/11 (sábado)

Horário: das 8h às 12h

Setor de Marketing/Comunicação

Contato: Cecília Oliveira

Fone: (85) 3521-1537 / 9.9690-0550

 

atualizado por Daniel Negreiros
negreiros@oestadoce.com.br
Fonte: Ass. de Imprensa

Mais conteúdo sobre:

Novembro Azul CRIO

outros destaques >>

Facebook

Twitter