26 C°

quarta-feira, 29 de março de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

O Estado é um jornal muito bom, sabe ‘falar’

quinta-feira, 27 de outubro 2016

Imprimir texto A- A+

É um “privilégio e uma honra” vivenciar e participar dos 80 anos do Jornal O Estado, disse Carlos Alberto Alencar, editor geral do periódico, em meio à confusão de conferência e fechamento da edição do dia. Há sete anos como editor, ele recordou que ainda quando estudante já tinha experimentado o jornalismo, através do veículo. “Comecei como estagiário em 1973, ainda com o Venelouis Xavier”, relembra.

“Hoje, quando celebramos os 80 anos, estar como editor geral do jornal é motivo de muita satisfação. Por aqui, passaram nomes de grande peso do jornalismo cearense, brilhantes, e isso é motivo de muito orgulho para mim.” De sua mesa de trabalho, coberta de papéis que disputam espaço com o computador e o celular, Carlos Alberto me diz que o Jornal O Estado tem um diferencial, em relação aos demais veículos da Capital, “é a cara do Ceará”. Por quê? Pergunto. “É um jornal que assimila muito bem, o jeito de ser cearense”, responde.

“Tem a essência da política cearense. É um jornal muito bom, ele sabe ‘falar’ e é totalmente voltado para o Ceará. Não tem preocupação maior, que não seja o Ceará. O veículo passou por um processo de evolução, mesmo após a morte do mantenedor Venelouis Xavier conseguiu passar isso para os filhos.”

Agora estamos de cara nova e Carlos Alberto diz que tem o “privilégio de acompanhar esse novo momento” de evolução do periódico. “Eu percebi a aceitação da sociedade de todas as mudanças decorrentes do último projeto gráfico, trabalho brilhante, assinado pelo jornalista, Luis Sérgio Santos”, encerra.

outros destaques >>

Facebook

Twitter