26 C°

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Parques e jardins da capital cearense

quarta-feira, 13 de Abril 2016

Imprimir texto A- A+

Quer conhecer a história de sua cidade? Comece pela história de seu bairro. A Barra do Ceará, por exemplo, em Fortaleza, é uma prova disso. Afinal foi ali que a cidade de Fortaleza e, depois dela, o Ceará, surgiram após a vinda de Pero Coelho de Sousa, em 1603, e de Martim Soares Moreno, em 1612. Impressionado com o Rio Ceará, possivelmente, que desembocava sua água doce no mar naquela região, foi ali que Pero Coelho levantou o Forte de Santiago e Martim Soares Moreno o de São Sebastião.
Com a chegada dos holandeses em seguida, alguma coisa mudou.

Mais interessados em explorar uma jazida de prata que, supostamente, havia em Maranguape, os holandeses que ocuparam a Barra do Ceará, inicialmente, mudaram-se, depois, para o Morro de Marajaitiba, onde ergueram o Forte de Schoonenborch, em homenagem ao governador holandês de Pernambuco, Walter van Schoonenborch. E foi em torno deste forte, que fica no centro de Fortaleza, que a capital cearense se concentrou. Com o tempo, surgiram outros bairros e outras histórias que, somadas, contam a trajetória da capital cearense.

A Aldeota, por exemplo, foi o primeiro bairro de Fortaleza, planejado. Até então os bairros surgiam aleatoriamente. Com a Aldeota foi diferente. Fortaleza, nesta época, já dispunha de iluminação pública; os carros já haviam invadido a cidade e os arranha-céus começavam a despontar às margens das avenidas. Assim, quando se pensou em um bairro como a Aldeota, tudo foi planejado: ruas, prédios e asfalto. Diferente de São João do Tauape que, no início, foi quase um campo de concentração para onde os retirantes que fugiam da seca no interior do estado eram largados para morrer ou sobreviver à míngua.

Muitos, na verdade, são os bairros de Fortaleza. Alguns deles têm nomes tão exuberantes quanto algumas ruas da cidade antes de virar nomes de políticos ou de datas comemorativas. Bela Vista, por exemplo, é um destes nomes assim como Bom Futuro, Bom Jardim e Bom Sucesso. Jardim América, Jardim Cearense, Jardim das Oliveiras, Jardim Guanabara e Jardim Iracema são outros tantos nomes que encantam pelo que dizem ainda que o que anunciam não corresponda, necessariamente, à realidade.

outros destaques >>

Facebook

Twitter