quinta-feira, 20 de junho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Deu Tricolor! – Edinho comanda triunfo do Leão sobre Alvinegro: 2 a 0

segunda-feira, 15 de abril 2019

Imprimir texto A- A+

Jogando com eficiência e sendo cirúrgico no ataque, o Fortaleza venceu o Ceará por 2 a 0, gols marcados por Edinho, na tarde de ontem, na Arena Castelão, na primeira final do Campeonato Cearense de 2019. O Leão, comandado por Rogério Ceni, reverteu a desvantagem, pelo fato do Ceará poder jogar com a possibilidade de dois resultados iguais para ser campeão. O Fortaleza leva o título até perdendo por um gol de diferença. O Fortaleza não vencia o rival por 2 a 0 há 11 anos. Com esta vitória, o Alvinegro, comandado por Lisca, precisa ganhar pelo mesmo placar dia 21 de abril, no mesmo Castelão, para ser campeão.

A final começou acirrada a com muita marcação e faltas. O Tricolor foi o primeiro a levar perigo. Aos quatro minutos, Osvaldo serviu a Carlinhos que cruzou para Wellington Paulista e esse ajeitou para Júnior Santos. Ele emendou, mas Richard evitou o gol Tricolor. Teve duas boas chegadas do Vozão aos 12 e 13 minutos, com Leandro Carvalho emendando e Felipe Alves defendendo. Logo em seguida Sobral chutou para fora; no minuto seguinte o mesmo Sobral tentou sem sucesso.
Aos 16 minutos, o Leão tentou com Wellington Paulista que chutou pelo alto. Nesse ritmo, com erros de passe e de finalização, o jogo foi chegando aos 25 minutos com pouca efetividade de tricolores e alvinegros. O Ceará levou real perigo aos 32 em jogada iniciada por Fernando Sobral que tocou para Fabinho e esse cruzou para Bueno que finalizou, mas Felipe Alves evitou o gol do time comandado por Lisca.

Aos 43 minutos, Carleto emendou na trave do Leão depois de boa jogada. A resposta do Fortaleza foi fatal: aos 45, Osvaldo fez ótima jogada pela esquerda, passou por Tiago Alves e cruzou rasteiro, na medida, para Edinho surgir que nem um raio no meio da defesa e completar para o gol: 1 a 0.

Emoção
Para o segundo tempo, Lisca colocou Felipe Baxola no lugar de Chico para dar mais qualidade para o Vozão. Porém, não contava com a inspiração de Edinho que, aos quatro minutos, soltou um petardo da entrada da área. A bola desviou no corpo do zagueiro Tiago Alves e entrou no ângulo de Richard: 2 a 0 para o Leão. É o quinto gol do atacante.

Perdendo por 2 a 0, o Vozão saiu com tudo para o ataque e, aos oito, Samuel emendou com muito perigo. Aos nove minutos, Junior Santos acabou recebendo cartão vermelho numa dividida com Juninho, e deixou o Fortaleza com dez. O lance foi bastante discutível e deixou Rogério Ceni furioso à beira do gramado com o árbitro paulista Raphael Claus. Aos 13 minutos, Felipe Alves defendeu parcialmente um chute de Carleto e no rebote, Samuel Xavier perdeu gol incrível para o Ceará.
Baxola, que tinha entrado no lugar de Chico, sentiu contusão e teve que sair para a entrada de João Paulo no Vozão. Leandro Carvalho tentou aos 23 minutos, mas o arremate parou em Felipe Alves.

Mais chances
Aos 36 minutos Leandro Carvalho chutou, mas errou o alvo. Aos 42 minutos, Carleto foi expulso depois de uma falta e com isso os dois times ficaram com dez. Aos 46 minutos, num contragolpe, Dodô perdeu grande chance para abrir ainda mais a vantagem. Dois minutos depois, Carlinhos perdeu outra chance para o Tricolor do Pici. Na resposta João Paulo quase diminuiu para o Vozão. E terminou assim.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter