terça-feira, 23 de julho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Estrela de Arrascaeta e brilho em final contra Corinthians animam Flamengo

terça-feira, 14 de maio 2019

Imprimir texto A- A+

Reforço mais caro da história do Flamengo, Arrascaeta é o trunfo para a primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Corinthians, nesta quarta feira (15), em São Paulo. O momento contempla um uruguaio que se solta a cada apresentação e dá mostras do conhecido talento. Em um clássico equilibrado, a estrela dele em decisões e o brilho recente diante do clube paulista aninam os bastidores do Ninho do Urubu, já que qualquer detalhe pode fazer a diferença.

No futebol, se espera que os principais nomes apareçam e desequilibrem em jogos grandes. Arrascaeta tem feito isso recentemente. Pelo Flamengo, foram dois gols no Vasco. Com a camisa do Cruzeiro, ele balançou as redes 14 vezes em 26 clássicos -oito contra o América-MG e seis diante do Atlético-MG.

(Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O próprio Flamengo já sofreu com o brilho de Arrascaeta na final da Copa do Brasil de 2017 e na Libertadores do ano passado, quando o uruguaio fez um dos gols na vitória do Cruzeiro por 2 a 0, em pleno Maracanã, na partida de ida das oitavas. Posteriormente, o meia decidiu a Copa do Brasil.

Foi em 17 de outubro do ano passado. O Cruzeiro venceu o Corinthians por 2 a 1, na Arena Corinthians. Arrascaeta fez um belo gol aos 36min do segundo tempo e garantiu o hexacampeonato da competição ao clube celeste.

No Ninho do Urubu, se espera que o uruguaio viva mais um grande momento diante do Corinthians e possa reeditar as boas atuações dos jogos decisivos. Já foi assim esse ano em clássicos do Campeonato Carioca e também na importantíssima partida contra o Peñarol.

Depois de alguns pedidos da torcida e do tempo de adaptação ao novo clube, Arrascaeta é agora titular absoluto do Flamengo. Ainda que a estrela brilhe em momentos decisivos, o meia geralmente exalta o “fator sorte” quando questionado sobre o tema.

“Sempre que entro em campo é para dar o melhor. Tem vezes que faremos gols ou não. Mas temos muitos jogadores com capacidade para entrar na área e decidir. A motivação é sempre ganhar, mas são em jogos assim que precisamos estar espertos e ligados, pois decidem. Tive muita sorte de decidir grandes coisas”, disse o uruguaio, dias antes das finais do Carioca contra o Vasco.

De lá para cá, o rendimento dele melhorou. A conferir se a tão falada sorte o acompanhará em mais um momento decisivo.

Atualizado por Natasha Ribeiro
natasha@oestadoce.com.br
Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

Flamengo Arrascaeta

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter