segunda-feira, 18 de junho de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Pivô do escândalo da Fifa, empresário J.Hawilla retorna ao Brasil

sexta-feira, 09 de fevereiro 2018

Imprimir texto A- A+

O empresário J.Hawilla retornou ao Brasil. A informação foi veiculada inicialmente pelo jornal “DHoje Interior”, de São José do Rio Preto, cidade natal de Hawilla. A reportagem confirmou com pessoas próximas ao empresário que ele atualmente está em São Paulo.

Correio do Estado

Em contato telefônico com a reportagem, o empresário disse que não daria entrevista e desligou sem confirmar se realmente estava no Brasil.

Hawilla estava proibido de sair dos Estados Unidos por ser réu no caso de corrupção da Fifa. Após confessar participação no esquema de pagamento de propina na venda de direitos comerciais de torneios de futebol na América do Sul, ele se comprometeu a pagar uma multa de 151 milhões de dólares (R$ 493,5 milhões) e passou a colaborar com a Justiça americana.

Sua colaboração resultou no indiciamento de diversos dirigentes esportivos, entre eles o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, e os ex-presidentes da entidade Ricardo Teixeira e José Maria Marin -este último, aguarda sentença nos EUA após ser condenado por participação no esquema criminoso.

As colaborações do empresário com o FBI (polícia federal norte-americana) começaram no final de 2013. Ele grampeou conversas com outros envolvidos em esquemas de pagamento de propina e lavagem de dinheiro ligados a contratos de futebol.

A abordagem do FBI ocorreu logo após o próprio Hawilla ter sido gravado por outro envolvido no esquema de corrupção.

Hawilla é fundador e dono da Traffic, que chegou a ser a maior empresa de marketing esportivo da América Latina. Seus negócios incluem também a TV TEM, afiliada da Rede Globo que transmite para 318 municípios do interior paulista.

Fonte: Folha Press

Mais conteúdo sobre:

J.Hawilla escândalo da Fifa

outros destaques >>

Facebook

Twitter