domingo, 16 de junho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Punido, Vettel vê Hamilton herdar vitória

segunda-feira, 10 de junho 2019

Imprimir texto A- A+

Lewis Hamilton venceu hoje o Grande Prêmio do Canadá, embora não tenha cruzado a linha de chegada na primeira colocação. Em uma corrida marcada por uma punição dada a Sebastian Vettel, o britânico da Mercedes conquistou o primeiro lugar, à frente do rival da Ferrari. Charles Leclerc, também da Ferrari, foi o terceiro.

Hamilton foi beneficiado por uma pena dada a Vettel a 12 voltas do fim, quando os comissários acrescentaram 5 segundos ao tempo final do alemão por causa de uma manobra. Na volta 48, Vettel escapou da pista e voltou fechando a porta para Hamilton, movimento que levou o caso a investigação.

Vettel acabou cruzando a linha de chegada em primeiro, mas pouco tempo à frente de Hamilton. Desta forma, o britânico acabou promovido à primeira colocação, mantendo a série de triunfos da Mercedes: nas sete primeiras provas da temporada 2019, a equipe alemã venceu todas. Hamilton subiu ao degrau mais alto do pódio no Bahrein, na China, na Espanha, em Mônaco e no Canadá, enquanto Valtteri Bottas foi o vitorioso na Austrália e no Azerbaijão.

A Ferrari chega assim a dez corridas sem vencer. Vettel, cuja última vitória veio na corrida da Bélgica do ano passado, chegou a sua 15ª prova sem vencer.
Os comissários investigaram a manobra de Vettel e decidiram puni-lo com um acréscimo de 5 segundos, o que acabou dando novo ritmo para o fim da prova. Com 12 voltas para a bandeirada, o alemão tinha uma vantagem de 2s7 para o britânico, que passou a diminuir a diferença. Hamilton não conseguiu superar Vettel na pista, mas chegou a uma diferença suficiente para tomar a primeira colocação nos tempos.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter