terça-feira, 17 de julho de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Sasha diz que pode substituir Ricardo Oliveira, mas adia sua estreia pelo Santos

sexta-feira, 12 de janeiro 2018

Imprimir texto A- A+

O atacante Eduardo Sasha foi apresentado oficialmente nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé, como o segundo reforço do Santos para esta temporada (o primeiro foi o lateral esquerdo Romário). Sasha se diz atacante pelas beiradas, mas já se colocou a disposição do técnico Jair Ventura para atuar como centroavante.

Reprodução

Isso porque o Santos procura um camisa 9 no mercado para substituir Ricardo Oliveira, que não renovou contrato com o clube e acertou com o Atlético-MG.

“Minha base eu joguei como atacante pela extrema, mas empenhei essa função que precisou fixo na frente eu pude construir. Se o professor precisar não existe nenhuma novidade para mim”, afirmou Sasha.

Apresentado com a camisa 27, o atacante não exercerá a função de Ricardo Oliveira na estreia do Santos no Campeonato Paulista, diante do Linense, quarta-feira, dia 17, no estádio Gilbertão, em Lins. Sasha revelou que ainda não fez nenhum trabalho com bola e, por isso, só deve estar disponível para a segunda rodada da competição.

“Me apresentei normalmente no Inter, mas só fiz parte clinica e físicos. Os treinos pesado comecei aqui no Santos. Tem bastante coisa pra fazer da semana perdida. Mais uma semana eu estarei preparado para ajudar, Eu não tive nenhum trabalho com bola ainda, só aquecimento”, disse.

Sasha foi revelado pelo Inter, mas teve a sua melhor fase no Goiás, onde atuou por empréstimo. Agora o atacante está motivado pelo novo desafio com a camisa santista e acredita que seu futebol se assemelha bastante com a história do clube paulista.

“Minhas características batem com o que o Santos mostrou, isso vai facilitar. Meu futebol é simples e objetivo para chegar na frente e ajudar na marcação. Vai dar tudo certo”, declarou.

O atleta foi emprestado pelo Internacional até o fim desta temporada com opção de compra definitiva após o término do vínculo.

Jair Ventura, novo técnico do Santos, já havia indicado Eduardo Sasha antes. Foi no Botafogo, mas à época o time carioca não conseguiu concretizar a negociação e acabou frustrando os planos do treinador.

Sasha já foi considerado salvação no Inter. Formado no clube, lançado em 2010, ele era o principal candidato a ser negociado em pelo menos duas temporadas- 2015 e 2016. Em ambas teve o rendimento afetado por lesões no tornozelo. No ano passado, voltou a jogar e ser titular durante campanha na Série B.

Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

Campeonato Brasileiro santos

outros destaques >>

Facebook

Twitter