28 C°

terça-feira, 19 de setembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Blitz de combate à poluição ambiental é realizada em Messejana

quarta-feira, 19 de abril 2017

Imprimir texto A- A+
Divuilgação

Divuilgação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), realizou nesta quarta-feira (19/04), uma blitz ambiental educativa para controle do índice de poluição sonora, visual e atmosférica. Equipes de fiscalização percorreram várias ruas de Messejana para verificar as fachadas, placas e outdoors espalhados pelo bairro. Os índices da poluição sonora também foram avaliados.

Na rua Padre Pedro de Alencar, uma das principais vias de Messejana, os fiscais se concentraram na blitz atmosférica. Técnicos do Sindicato Nacional das Empresas de Inspeção de Seguranca e Técnica Veicular (Sinav) mediram o nível de poluição dos automóveis. Durante a abordagem foram feitos testes com o opacimetro. O equipamento verifica a opacidade da fumaça. Quanto mais escura a fumaça, maior é a concentração de gases poluentes. “Estamos realizando essas blitzes educativas desde 2014 e a cada ano, percebemos redução no número de veículos irregulares. O motorista nos atendem sem receio, até porque o nosso objetivo não é multar e sim melhorar o ar que respiramos na nossa cidade”, explicou Tamara Freitas, gerente da célula de controle da poluição atmosférica da Seuma.

Veículos regulares ganharam mudas como forma de incentivar a arborização e purificação do ar. Os automóveis reprovados no teste foram catalogados e os proprietários notificados pelos fiscais da Seuma e Sinav “Eles são acreditados pelo Inmetro pra realizar esse tipo de inspeção. O sistema é on line com todas informações, desde a placa do carro, data da reprovação, foto do veículo e o reteste. A partir de amanhã, fica registrado se o motorista realizou o conserto e procurou o Sinav para pedir nova avaliação. Passado o prazo, quem continuar irregular será multado”, disse Tamara Freitas.

O prazo estipulado para regularização é de 30 dias. Além da multa ambiental por continuar poluindo a cidade (lei ambiental Nº 9.605/1998), o documento do carro será bloqueado junto aos órgãos de trânsito, com uma restrição de circulação. O motorista Zuca Pinho foi parado durante a fiscalização e ficou frustrado com a reprovação do veículo, mas já sabe o que precisa fazer “O teste é ótimo. Se tiver algum problema no motor, vai poluir tudo, prejudica a saúde. Eu achei que o meu estava regular, mas já que não está, vou consertar”, garantiu o motorista.

Fonte: Prefeitura de Fortaleza

Mais conteúdo sobre:

fiscalização messejana Seuma

outros destaques >>

Facebook

Twitter