sábado, 15 de dezembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Colégio Santo Inácio recebe homenagem na AL

terça-feira, 04 de dezembro 2018

Imprimir texto A- A+

O Colégio Santo Inácio recebeu, ontem, homenagem pelos seus 58 anos de história na educação cearense. A sessão de solenidade ocorreu no plenário da Assembleia Legislativa do Ceará por autoria do deputado estadual Evandro Leitão, ex-aluno da instituição.

A homenagem, na Assembleia Legislativa, aconteceu pelo segundo ano consecutivo. Na ocasião, ex-alunos e professores foram agraciados com diploma de reconhecimento, conforme iniciativa dos ex-alunos, Liana Fujita e João Milton Cunha de Miranda. Durante a cerimônia, Evandro Leitão lembrou do seu tempo como aluno Inaciano. “Procurava me esforçar para passar. Tudo que tenho devo ao Colégio Santo Inácio”, disse.

O tradicional Colégio Jesuíta completou 58 anos no último 1º de março e, em quase 60 anos de história, o momento atual é de transformação. O colégio vive uma nova era de projeto pedagógico, com a gestão e colaboração de educadores leigos e jesuítas, como a diretora geral Albanisa Gomes, pela primeira vez uma diretora leiga, mantendo o foco em formação humana e educação de excelência.

Para o diretor espiritual da escola, padre Eugênio Pacelli, os 58 anos de história do Colégio Santo Inácio marca a vida de quem teve a oportunidade de passar como aluno, educador, colaborador ou pais. “Claro, como nós padres jesuítas, o Colégio Santo Inácio está em grande projeto de revitalização. Vivemos tempos de renovação, tanto de projeto pedagógico quanto no tocante à valorização das pessoas e otimização dos processos, mas uma coisa não muda jamais, é o carisma. Somos uma casa de educação reconhecida pela nossa formação humana”, destacou.

Na tribuna, a diretora geral da instituição, Albanisa Gomes, ressaltou sua satisfação e orgulho em estar fazendo parte da história do Colégio Santo Inácio. “Pelo segundo ano consecutivo, estamos aqui novamente para render homenagens ao nosso querido e inesquecível Colégio Santo Inácio. Aprendi a amar e admirar a educação jesuíta e só posso agradecer à Deus e à rede pela grande oportunidade de estar à frente dessa experiência única”, disse emocionada enquanto recebia os aplausos do público.

A ex-aluna inaciana, atualmente doutora e professora da Uece, Sofia de Evaristo Menescal, foi uma das homenageadas na manhã de ontem. Para ela, ser homenageada representa gratidão. “Essa homenagem vem muito, não como vaidade, mas como gratidão por todo investimento que o colégio faz na gente, durante nossa formação, de investimento do próprio colégio, não só em termo de conhecimento, mas de valores que plantam nos alunos que estão formando. É uma gratidão na minha vida profissional está retribuindo isso à sociedade”, destacou.

O empresário Carlos Fujita ressaltou o momento como um resgate de memórias. “Histórias que a gente passou numa instituição tão séria, tão boa, que tem dado uma contribuição muito grande para o ensino e formação de pessoas do nosso Estado. Santo Inácio é um ícone, uma marca registrada na formação religiosa”, afirmou.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter