sábado, 15 de dezembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Operação Piranji prende 22 no Ceará

sexta-feira, 30 de novembro 2018

Imprimir texto A- A+

Vinte e duas pessoas foram presas ontem, na região metropolitana de Fortaleza, acusadas de fazer parte de uma organização criminosa armada e de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. As prisões fazem parte das ações da Operação Piranji, deflagrada pelo Ministério Público Estadual (MPCE) e pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS). Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos em Fortaleza e em mais cinco municípios da região metropolitana: Cascavel, Fortim, Horizonte, Itaitinga e Beberibe. Também foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão.
Os mandados judiciais foram deferidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas e cumpridos com o apoio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) da Polícia Civil, Polícia Militar e Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol) da SSPDS, além da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).
A Operação Piranji é resultado de uma investigação que começou a partir do registro de homicídios cometidos por facções criminosas no litoral leste do Ceará. No decorrer da investigação, foram apreendidos mais de 12 quilos de cocaína, 338 quilos de maconha, cinco quilos de “crack” e mais de R$ 50 mil em espécie, além da prisão de mais de 60 envolvidos com o tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de armas. (Agência Brasil).

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter