segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Prefeitura apresenta ações preventivas para quadra chuvosa

sexta-feira, 16 de janeiro 2015

Imprimir texto A- A+

 A Prefeitura de Fortaleza apresentou, ontem, em coletiva de imprensa, através do Comitê de Ações para a Quadra Chuvosa de Fortaleza, o conjunto de ações preventivas de limpeza de canais e bocas de lobos que foram realizadas ao longo do ano passado e outras que ainda estão sendo executadas para minimizar os transtornos durante o período chuvoso. Além disso, divulgou o novo sistema de monitoramento da Defesa Civil, que vai permitir, a partir deste ano, verificar a intensidade da chuva nas principais áreas de risco da cidade, antecipando situações de emergências.

O Comitê, formado pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, Secretaria da Infraestrutura, Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e Secretarias Regionais, informou que, entre os anos de 2013 e 2014, foram realizadas intervenções preventivas de limpeza em: 54 canais em todas as regionais; 7.800 bocas de lobo; 14 lagoas e sangrias; dois rios e dois riachos, totalizando um gasto de R$ 7.365.771,83. As ações em obras de drenagens evoluíram para cerca de 10 mil metros, comparados aos pouco mais de 4 mil, em 2012. Foram 26 intervenções de drenagens, saneamento e pavimentação.

 Segundo o prefeito Roberto Cláudio, as ações que ainda estão sendo executadas, como a limpeza e pavimentação de algumas lagoas, a exemplo da Lagoa São Gerardo, no Canal do Alagadiço, onde será construído, também, um Polo de Lazer, somam um investimento de R$ 60 milhões.  Na ocasião, ele afirmou que, para este ano, serão destinados R$ 83 milhões em drenagens e pavimentação, e que a Prefeitura pretende captar mais R$ 350 milhões em recursos.

 “A maioria das obras visam a resolver estes pequenos problemas [de alagamentos] que, embora, pareçam menores, têm muita significância na vida de pessoas que moram nessas áreas. Isso tem sido uma prioridade pela Secretaria de Infraestrutura: investir em novos projetos e ampliar as ações da Prefeitura nessas áreas. Nesse contexto, a secretaria está preparando um novo pacote de obras de aproximadamente R$ 350 milhões para ser iniciado ainda esse ano em drenagens”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Samuel Dias.

 

SISTEMA DE

MONITORAMENTO

O coordenador da Defesa Civil, Cristiano Férrer, anunciou que este ano, está sendo implantado um sistema de monitoramento, pela primeira vez em Fortaleza, que vai permitir informações em tempo real sobre a situação pluviométrica das áreas com mais riscos, e assim, possibilitar a antecipação de algumas ações de emergências. “A Defesa Civil atua 24 horas, atendendo pelo número 190. Todo dia é emitido um relatório parcial e, às 22 horas, o resultado final de tudo que ocorreu, das chamadas de emergências, e de como encontra-se a situação de Fortaleza”, disse Cristiano.

Ainda de acordo com o coordenador, a capital cearense possui 89 áreas consideradas de risco. O sistema monitorado funciona com a instalação de 28 pluviômetros nas áreas de mais riscos. Cada aparelho mede aproximadamente 1,5km de extensão e é atualizado de cinco em cinco minutos, indicando onde a chuva está mais intensa. Segundo Roberto Cláudio, o sistema já estaria funcionando a partir de ontem.

 

MORRO SANTA TERESINHA

A Secretaria de Infraestrutura destacou que a causa para o desabamento de terra no Morro Santa Teresinha durante a forte chuva do dia 3, foi ocasionado pela deposição de lixo em via pública e o sistema de drenagem obstruído. O problema foi solucionado através do serviço de concretagem para reforço das estacas expostas, bem como a retirada de lixo das bocas de lobo. Um teste com derramamento de 20 mil litros de água de um carro pipa foi feito e não apresentou novos deslizes. “O mais importante para conseguir lidar com isso tudo é a educação cidadã e a preocupação com sanções e multas com os grandes geradores de lixo que têm obrigação de ter uma coleta própria e não têm”, pontuou o prefeito.

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter