29 C°

quinta-feira, 23 de novembro de 2017.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Seis suspeitos são presos por ataques a veículos em Fortaleza e Região Metropolitana

Uma viatura do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) da Caucaia também foi incendiada por criminosos

quinta-feira, 20 de abril 2017

Imprimir texto A- A+

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que seis homens foram detidos, nesta quarta-feira (19), por suspeita de envolvimento em incêndios criminosos contra ônibus e carros, em Fortaleza e Região Metropolitana. Fábio Tomé de Souza (18) – que já responde por tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo – foi preso pelo Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), na manhã de hoje, no bairro José Walter, em Fortaleza. O suspeito, que estava armado, foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, ameaça e organização criminosa. Ação conjunta dos órgãos do Sistema de Segurança do Estado, Guarda Municipal de Fortaleza, Etufor, Sindiônibus e Sindivans garante circulação de ônibus. Em coletiva realizada nesta noite, o secretário da Segurança Pública, André Costa, afirmou que “todas as pessoas que participaram das ações criminosas não ficarão impunes e responderão pelas condutas praticadas. A Segurança Pública não vai desviar dos rumos que vem adotando contra a criminalidade”.

(Divulgação)

(Divulgação)

A SSPDS informa ainda que a cúpula do Sistema de Segurança esteve reunida com representantes da Etufor, Sindiônibus, Sindvans, Secretaria de Segurança do Município e Guarda Municipal, para tratar das ações que estão sendo desenvolvidas, no sentido de conter as ações criminosas, bem como identificar e prender os envolvidos. As investigações acerca dos ataques, ocorridos na tarde desta quarta-feira (19), estão a cargo da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará. Diligências estão sendo realizadas incessantemente por equipes de policiais militares e civis, em busca dos criminosos.

No início desta tarde, um segundo suspeito foi ouvido, também na especializada, onde foi lavrado um boletim de ocorrência e, em seguida, foi liberado. Um terceiro homem deu entrada em uma unidade de saúde apresentando queimaduras. Ele está sob custódia policial. A companheira deste suspeito foi conduzida a uma unidade da Polícia Civil para ser ouvida. Um quarto homem foi preso por uma equipe do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) da PM, no bairro Edson Queiroz, e foi também foi conduzido para a Draco. Mais dois suspeitos, totalizando seis até o momento, foram detidos na cidade de Horizonte, no início da noite. Outros envolvidos já foram identificados.

A SSPDS informa ainda que 16 coletivos foram incendiados, sendo doze nos bairros: Barroso (01), Jangurussu (02), Edson Queiroz (03), Barra do Ceará (01), Siqueira (01), Conjunto Palmeiras (02), Parque Dois Irmãos (01) e Aerolândia (01), em Fortaleza; e quatro nas cidades da Região Metropolitana, sendo Maracanaú, Horizonte, Eusébio e Pacajus. O motorista de um dos coletivos sofreu queimaduras e foi socorrido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), mas não corre risco de vida. Além disso, dois veículos da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e outro da Enel Distribuição Ceará foram incendiados nos bairros Jangurussu, Vila União e Jardim das Oliveiras, respectivamente. Uma viatura do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) da Caucaia também foi incendiada por criminosos.

REDAÇÃO O ESTADO ONLINE

Fonte: Ass. de Imprensa

Mais conteúdo sobre:

Ataques Criminosos Fortaleza em caos

outros destaques >>

Facebook

Twitter