quarta-feira, 19 de setembro de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Se governo russo tiver envenenado ex-espião, Reino Unido responderá

sexta-feira, 09 de março 2018

Imprimir texto A- A+

O Reino Unido responderá de maneira apropriada caso evidências provem que Moscou está por trás de envenenamento por agente tóxico de um ex-espião russo e de sua filha no sul da Inglaterra, afirmou nessa quinta (8) a primeira-ministra Theresa May . Sergei Skripal, 66, e Yulia, 33, estão hospitalizados desde que foram encontrados inconscientes em um banco do lado de fora de um shopping center na cidade de Salisbury, no domingo.

“Faremos o que for apropriado, faremos o que for certo, se for provado que isso foi patrocinado por um Estado”, afirmou May ao canal ITV News, quando questionado sobre se o Reino Unido poderia expulsar o embaixador da Rússia por causa do ataque. “Mas vamos dar à polícia o tempo e o espaço para realmente conduzir suas investigações”, acrescentou May, em sua primeira declaração desde que a polícia divulgou, na quarta (7), que um agente tóxico foi usado. As duas vítimas continuam inconscientes, em estado crítico, mas estável.

outros destaques >>

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter