sexta-feira, 20 de julho de 2018.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Bienal do Livro tem foco no público jovem

sexta-feira, 01 de setembro 2017

Imprimir texto A- A+

 

A 18º edição da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro começa ontem, no RioCentro, na zona oeste, e vai até o dia 10 de setembro, na capital fluminense. Os organizadores prometem uma programação 40% maior do que a edição anterior, em 2015, com destaque para a literatura nacional.

A expectativa é receber um público de cerca de 700 mil pessoas durante os 11 dias do evento. São esperados 330 autores, sendo a maioria, brasileiros. Estarão lá Mauricio de Sousa, Ana Maria Machado, Thalita Rebouças e Frei Betto. Eles vão participar de mais de 350 horas de atividades de incentivo à leitura e bate-papos, nos espaços batizados de Café Literário, Espaço Jovem, Encontro com autores & Conexão Jovem. O evento também tentará resgatar a literatura como negócio.

O presidente do Sindicato Nacional de Editores de Livros (SNEL), Marcos Pereira, revelou, na abertura da bienal, uma queda “drástica” no número de leitores no país. “A indústria editorial vive um dos momentos mais dramáticos na sua história. Entre 2015 e 2016, a venda de livros caiu 20%, significando 50 milhões de exemplares a menos nas mãos dos leitores”, disse.

outros destaques >>

Facebook

Twitter