domingo, 21 de julho de 2019.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

"você jamais será livre sem uma imprensa livre." - Venelouis Xavier Pereira

Corpos de vítimas de incêndio no CT do Flamengo começam a ser retirados do IML

sábado, 09 de fevereiro 2019

Imprimir texto A- A+

O IML (Instituto Médico Legal) do Rio de Janeiro liberou na manhã deste sábado (9) a retirada de quatro corpos oficialmente identificados de vítimas do incêndio ocorrido no dia anterior no Ninho do Urubu, centro de treinamentos do Flamengo.

Até o momento, apenas o corpo do zagueiro Pablo Henrique, 14, foi retirado do IML. Ele será levado para a cidade de Oliveira (MG), onde será sepultado. O traslado será feito de carro, em um trajeto que dura cerca de seis horas. O corpo do atleta foi reconhecido por seu primo Werley, zagueiro profissional do Vasco.

Reprodução

Os outros três corpos já reconhecidos -de Arthur Vinicius, 14, Victor Isaías, 15, e Bernardo Pisetta, 14- aguardam a retirada por seus familiares

O primeiro deles, cuja família mora em Volta Redonda, deve ser velado e enterrado na tarde deste sábado. Os outros dois são naturais de Santa Catarina e suas famílias também pretendem velá-los em seu estado natal.

O Flamengo havia oferecido sua sede social para um velório coletivo, mas cada família deve fazer sua própria cerimônia.

O IML só libera a retirada dos corpos após a identificação de peritos e o reconhecimento de familiares, com a emissão da certidão de óbito. Os corpos de outras seis vítimas ainda passam pelo processo. São elas: Athila Paixão, 14, Christian Esmério, 15, Gedson Santos, 14, Jorge Eduardo, 15, Rykelmo de Souza Viana, 16, e Samuel Thomas Rosa, 15.

Atualizado por Natasha Ribeiro
natasha@oestadoce.com.br
Fonte: Folhapress

Mais conteúdo sobre:

Flamengo incêndio Corpos IML Liberação

Instagram

[instagram-feed]

Facebook

Twitter