Economia
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013
Descontos em dívidas podem chegar a 80%

O Feirão Limpa Nome, iniciado, ontem, já é visto como uma investida que trará bons resultados para a economia de Fortaleza, e a expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) – que realiza o evento, promovido em parceria com o SPC Brasil e Serasa Experian – é de recuperar o crédito de, pelo menos, 20 mil consumidores. “De fato, o número de atendimentos deve ser muito maior, porque muita gente que vem, às vezes, não consegue recompor [seu crédito]. Mas, de fato, esses 20 mil, para o nosso final de ano, anima muito a gente”, informou o presidente da CDL, Freitas Cordeiro.

O evento acontece até o próximo sábado (14), das 8h às 18h, na Rua Pinto Madeira, 250 – Centro (esquina com a Rua 25 de Março), e conta com 16 participantes, entre empresas e instituições financeiras. “Nossa expectativa de atendimento é bastante alta, porque temos o CDL como parceiro, trazendo essas pessoas para cá. Temos bancos, varejistas e a própria Coelce, que é um parceiro importante”, destacou a superintendente de serviços ao consumidor da Serasa Experian, Maria Zanforlin. “Nosso principal objetivo, é que as pessoas consigam fazer a negociação saiam daqui com o nome limpo”, pondera.

FACILIDADES

Entre as condições oferecidas no feirão, está a oportunidade de abater o saldo devedor, em até 80%, como explica o coordenador de recuperação de crédito comercial da Caixa Econômica Federal, Francisco Vilar Albuquerque, para o qual a facilidade de negociação é bastante interessante. “Nós estamos oferecendo oportunidades de descontos nos contratos. A pessoa que tem uma dívida pode pagar com desconto de até 80%. Tudo vai depender do tipo dívida e do valor”, destacou.

No caso da Caixa, instituição que está participando do Feirão, a quantidade de clientes com situação irregular, chega a 42 mil, na Capital. A estimativa é atender até 30% desse volume. “A gente tem 42 mil clientes para serem atendidos, estamos com essa fatia no mercado. A gente acredita que cerca de 30% desse montante será atendido, o que está de bom tamanho”, ressaltou o coordenador. Entre as dÍvidas mais frequentes, no banco, estão cartão de crédito - líder em ocorrências -, conta corrente, cheques, CDC (empréstimos) e financiamentos. O coordenador reforça, ainda, que estarão sendo atendidos clientes com dívidas no valor máximo de R$ 30 mil, que podem ser parceladas em até 12 vezes. ”Após a negociação, a situação cadastral do cliente já fica regularizada em até três dias úteis”, enfatizou.

As condições de negociação são oferecidas independentemente por cada participante do evento e dependendo, também do perfil da dívida. “Não tem uma negociação ou condição única no evento”, destacou Márcia Zanforlin. Segundo ela, ainda quanto às negociações, a orientação repassada, aos consumidores, é o planejamento da dívida antes de ir ao evento, e avaliação quanto às condições que melhor se ajustam ao orçamento, como disponibilidade para pagamento do débito à vista, ou diminuição do valor da parcela e maior prazo.

ATENDIMENTO

Para o atendimento, os consumidores precisam apenas apresentar o nome, CPF e um documento de identidade com foto (RG ou Carteira de Trabalho), pelos quais  serão identificados e direcionados aos boxes de atendimento respectivo às empresas onde possuem débitos.  O evento conta, também, com amplo espaço para o atendimento e fácil acesso. Para os pais que precisarem levar os filhos ao evento, um espaço adequado está destinado à recreação das crianças, as quais também recebem um gibi de educação financeira, com dicas de como cuidar bem do dinheiro.

Conforme a CDL de Fortaleza, ao todo, 250 pessoas estão trabalhando no evento, entre colaboradores das empresas participantes e pessoal de apoio. O tempo médio par ser atendido é de 20 minutos. “Estamos preparados para todos os que vierem buscar atendimento. A triagem está bem reforçada, os stands das empresas estão com uma grande estrutura, e todos os que vierem aqui serão atendidos”, finalizou a representante da Serasa Experian, Maria Zanforlin.

Estão presentes no feirão de Fortaleza: Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste, Banco Pan, Casa Pio, C. Rolim, Loja Esplanada, FortBrasil, Avon Cosméticos, Sapataria Nova, CDL de Fortaleza, Hilpro Idiomas Aldeota, Tijuca Alimentos, GK Fashion, Casas Bahia, Coelce e Imperjet.

CLIENTES EVIDENCIAM FACILIDADES no evento

No primeiro dia do Feirão Limpa Nome, muitos clientes já compareceram, na tentativa de regularizar seus débitos e situação cadastral, junto aos órgãos de proteção ao crédito, como o vendedor Carlos Airton (foto), que estava com uma dívida de R$ 15 mil junto ao Banco Panamericano (Pan). “O pessoal do banco, ao qual sou devedor entrou em contato comigo e me informou sobre esse evento e da oportunidade de regularização. É uma oportunidade para a gente quitar o débito”, destacou.

Já Stéfane Albuquerque - que trabalha como vendedora autônoma, e aguardava atendimento -, estava muito otimista quanto à possibilidade de negociação de uma pendência, no valor de R$ 300,00, junto à C. Rolim, uma vez que ela não estava exercendo atividade remunerada, no momento. “Como não tenho condições de pagar à vista, sendo parcelado eu terei condições de quitar a dívida. Eu vim para tentar parcelar”, informou.

Por sua vez a vendedora Cíntia Leocádio, aproveitou a oportunidade em que estava na CDL e procurou sua regularização. “Na realidade, vim para o banco de empregos do CDL, e aproveitei a oportunidade e tirei a listagem dos meus débitos, quando me indicaram vir para a feira”. Ela tinha débitos tanto na Casa Pio quanto na Caixa Econômica. Ao sair do atendimento, Cíntia avaliou que “o atendimento foi bem rápido e bem eficiente. As condições oferecidas foram ótimas, e ainda me deram um prazo, além do desconto, para o pagamento à vista, até sexta-feira”, comemorou.

TRANSPORTE DE PESO

A Makro Transportes está levando a tuneladora que será utilizada na escavação dos túneis da Linha Leste do Metrô de Fortaleza (Metrofor). A empresa cearense foi contratada pela Bertling, que realiza o agenciamento de cargas na Alemanha, para fazer o transporte das peças, que comporão a tuneladora de 882 toneladas, dividida em 33 partes ao todo, com até 80 toneladas cada. Para esta operação de peso estão sendo utilizados cavalos mecânicos, dollys, pranchas e linhas de eixos, realizando o trajeto do Porto do Pecém até a Estação Chico da Silva, no Centro de Fortaleza, onde tais peças serão montadas. 

1 / 1

O ESTADO DIGITAL

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA de imagem
Entre com os caracteres da imagem.