Cotidiano
Quinta-feira, 22 de Agosto de 2013
Juíza suspende liminar que autorizava a desocupação no Cocó
Caso aguardará análise de instância federal

A juíza Joriza Pinheiro, solicitou recolhimento da liminar que autorizava a desocupação do Parque do Cocó até segunda ordem da Justiça, enquanto o caso é analisado pela instância federal.

Nesta quinta-feira (22), a Polícia recebeu uma notificação judicial, no começo desta manhã, para desocupação do local. De acordo com a notificação os acampados, mobilizados a 42 dias, teriam três horas para se retirarem do local e não atenderam. De acordo com a líder do movimento Crítica Radical, Rosa da Fônseca, o documento não foi assinado e o movimento permaneceu no local.

Imagens do usuário RapaduraNinja via #OcupeCocó

Acompanhe abaixo, em nossa timeline, as últimas informações.

REDAÇÃO O ESTADO ONLINE
negreiros@oestadoce.com.br

 

1 / 1

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA de imagem
Entre com os caracteres da imagem.